Região tem 1.833 candidatos disputando vagas no Prouni

Mais de 1,8 mil pessoas no Alto Tietê se candidataram às vagas da 2º seleção deste ano para o Programa de Universidade para Todos (Prouni). Os dados foram informados no início dessa semana pelo Ministério da Educação (MEC) e são referentes às candidaturas em Mogi das Cruzes, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Poá, separadamente. Ao todo, 1.833 pessoas se inscreveram.

Somente em Suzano, 442 moradores se inscreveram no Prouni para concorrer às bolsas parciais ou integrais. Na semana passada, um levantamento feito pela reportagem mostrou que 516 vagas foram distribuídas para as cinco cidades da região.

A maioria das oportunidades são para bolsas integrais. Em relação às bolsas parciais, em que os estudantes alcançam somente 50% da isenção das mensalidades, existem apenas seis em todas as universidades do G5 do Alto Tietê.

Comparando a quantidade de inscrições com o número de vagas, é possível observar que a concorrência é grande: são mais de três candidatos por vaga. Muitos alunos realizam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no mesmo ano de conclusão dos estudos, e acabam competindo com candidatos de várias idades e graus de escolaridades. Em Mogi, 562 pessoas se inscreveram no Prouni, de acordo com as informações do MEC. Já em Itaquá, a quantidade foi de 439 inscrições para concorrer às bolsas de desconto ou gratuidade. Na cidade de Ferraz, 212 munícipes se candidataram e em Poá o número foi de 178. Para a bolsa parcial (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.