Técnico Tiago Nunes diz que vitória aumenta autoestima

Treinador elogiou o empenho dos jogadores
Treinador elogiou o empenho dos jogadores - FOTO: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
O Corinthians pôde respirar aliviado após a vitória por 1 a 0 contra o arquirrival Palmeiras na noite de quarta-feira. Correndo risco até de ser rebaixado no Campeonato Paulista, a equipe alvinegra contou com gol de Gil em falha do goleiro adversário e boas defesas de Cássio para sair com os três pontos. O técnico Tiago Nunes analisou o jogo da equipe, com elogios para o setor defensivo.

"Faltam algumas coisas. É natural, após um tempo de parada, que existam dificuldades no retorno, jogadores ainda sentindo o ritmo de jogo, o ritmo físico, isso somente se adquire jogando. Mas, tendo em vista a importância do jogo, o momento que o clube atravessa e a grandiosidade do adversário, do clássico, o que fica neste momento é uma atuação consistente da parte defensiva, uma equipe que no primeiro tempo jogou bem, tentou propor o jogo, encontrou o seu gol. E no segundo não conseguimos ter as melhores oportunidades, mas conseguimos ao mesmo tempo ter uma postura defensiva forte, consistente", comentou Nunes.

Durante a paralisação do Paulistão por conta da pandemia do coronavírus, o Corinthians foi atingido por diversas notícias negativas relacionadas ao setor financeiro, incluindo o atraso de salários para os atletas. Por isso, segundo Tiago Nunes, a vitória contra o Palmeiras também teve o efeito de melhorar a moral da equipe.

"Neste momento, o mais importante foi o resultado, para dar tranquilidade para que a gente possa ter uma continuidade na competição. Acreditar que podemos classificar, mas principalmente levantar a autoestima do grupo e do próprio torcedor corintiano", afirmou.

A situação do Corinthians no Paulistão, contudo, ainda é ruim. O time tem 14 pontos e está na terceira colocação do Grupo D, atrás de Bragantino e Guarani.

Palmeiras

Um grupo de torcedores do Palmeiras depredou a sede do clube na madrugada desta quinta-feira, depois da derrota por 1 a 0 para o Corinthians pelo Paulistão. Imagens mostram que na entrada principal, na rua Palestra Itália, houve ataque ao portão, arremesso de garrafas e até a quebra de equipamentos que ficam no local, como monitores de TV.

A ação dos torcedores durou poucos minutos e foi por volta da meia-noite. Nenhum funcionário do clube ficou ferido. Alguns dos membros do grupo chegaram a entrar na sede após forçar a abertura do portão, mas logo depois fugiram. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários