movimento agrada, mas fiscalização é complicada:

Os donos de restaurantes na região central continuam registrando movimento acima do esperado após a reabertura do setor, permitida desde segunda-feira passada. A média, segundo entrevistados pela reportagem do Mogi News, é de 70% de recuperação dos lucros nos dois primeiros dias úteis dessa semana. Um problema que ocorre é que a maioria dos estabelecimentos não tem condições de disponibilizar um profissional para monitorar o uso do álcool gel e aferição de temperatura dos clientes antes de entrarem nos restaurantes. Apesar disso, os locais seguem respeitando o distanciamento entre as mesas dispostas e, no caso de self-service, os próprios funcionários se encarregam de servir os clientes. (Mariana Acioli)