Empregos digitais

Lentamente, assim como todo o processo de reabertura do comércio e da retomada econômica, o mercado de trabalho mostra sinais de que está saindo da estaca pétrea em que ficou durante a pandemia do coronavírus, algo em torno de quatro meses. Pior do que a paralisação nas contratações, foi o grande volume de demissões registrado no período, com muitas empresas fechando, reduzindo quadros e colocando trabalhadores reclusos em casa para garantir sua estabilidade.

Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado no mês passado, 38,5 milhões de pessoas que se encontravam nos grupos de desempregados ou inativos, tinham a intenção de voltar ao mercado. O estudo mostrou que 17,8 milhões de brasileiros não estavam procurando trabalho por restrições da pandemia ou por falta de oportunidades nas regiões onde residem. Porém, de acordo com o próprio IBGE, esse período deve ser considerado passado.

Para a coordenadora de Trabalho e Rendimento do instituto, Maria Lucia Vieira, a partir da flexibilização das regras de isolamento, a pandemia deixou de ser justificativa para as pessoas não procurarem trabalho. Na análise da especialista, o movimento de trabalhadores por uma colocação vai pressionar o mercado a reaquecer operações e, gradativamente, abrir oportunidades de emprego.

Contribui para esse quadro de recuperação o ingresso de ferramentas digitais no sistema de inscrição de candidatos e de processos seletivos realizados em plataformas on-line. A modalidade, que surgiu da necessidade de se manter relações não presenciais, deve continuar em prática, pois, além de representarem ganhos de tempo, também trazem economia para as empresas.

Nesse sentido, a Prefeitura de Mogi das Cruzes lançou o "Emprega Digital", serviço para auxiliar na busca de trabalho por meio de mídias tecnológicas. Como boa parte das empresas privadas as utiliza atualmente, o formato permite o cadastro de currículos e a navegação em busca de vagas, dispensando a presença física nos locais. Os empregos podem demorar um pouco para voltar, mas a forma de buscá-los já foi reinventada.