Voto concorrido

Com a aprovação do adiamento das eleições municipais deste ano pela Câmara dos Deputados, na última quarta-feira, foi dada a relargada da corrida pelas vagas de prefeito e vereadores nos municípios. A pandemia do coronavírus e todas as dificuldades provocadas desde então interromperam um processo que vinha transcorrendo dentro da normalidade do calendário definido pela Justiça Eleitoral.

Ao passar de 4 de outubro para 15 de novembro a votação do primeiro turno e de 25 de outubro para 29 de novembro o segundo turno nas praças onde houver necessidade, o que dá um delay de aproximadamente 40 dias, os candidatos podem, agora, estabelecer os planos da campanha eleitoral.

Importante também na definição do novo calendário são as datas relativas à largada oficial das campanhas, postergada de 16 de agosto para 27 de setembro, e ao início da propaganda eleitoral no rádio e na TV, adiada de 28 de agosto para 12 de outubro, ainda dependendo de confirmação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para os candidatos, essas datas são fundamentais para traçar as estratégias de trabalho. Certamente, o país ainda estará sob efeitos remanescentes do coronavírus e a forma de atuação dos políticos precisará de algum tipo de adaptação. O tradicional corpo a corpo, tão venerado pelos concorrentes mais populistas, provavelmente terá de ser relegado a plano inferior por recomendações de distanciamento social e poderão, inclusive, ser vistos como ações politicamente incorretas.

Na região, o que se percebe é que alguns candidatos à reeleição, como por exemplo os prefeitos de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB), e de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), já estão em campanha. Nas últimas semanas, ambos têm promovido a inauguração de obras nas cidades, que sempre funcionam como ótimos cabos eleitorais. Alguns vereadores também partiram para ações mais direcionadas às bases eleitorais nos bairros para garantir a fidelidade dos eleitores. Ao que tudo indica, até pelas restrições provocadas pela pandemia do coronavírus, os votos neste ano serão ainda mais disputados.

Deixe uma resposta

Comentários