Comissão Europeia prevê alta em casos

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou ontem que a expectativa é de que o número de casos de coronavírus na Europa continue crescendo nas "próximas duas a três semanas". "O Centro Europeu de Controle e Prevenção de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) classificou a situação epidemiológica em 23 Estados membros como 'extremamente preocupante'", disse, durante coletiva de Imprensa.

Segundo Von der Leyen, o uso de leitos de UTI na região ainda está na média, mas deve aumentar com a proximidade do inverno. "Em comparação com a primavera, quase nenhum Estado membro está sendo poupado desta vez. E os países da Europa Central e Oriental também são fortemente afetados", explicou.

A presidente Comissão comentou que hoje durante reunião com líderes do bloco, vai pedir que os governos trabalhem em colaboração para ampliar o compartilhamento de dados e a capacidade de testagem. (E.C.) 

Deixe uma resposta

Comentários