Hospitais devem ter reforço na fiscalização

Cláudio Castro afirmou que hospitais serão avaliados
Cláudio Castro afirmou que hospitais serão avaliados - FOTO: Paulo Vitor/Divulgação/Fotos Públicas
O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), afirmou ontem que solicitou o reforço na avaliação das condições de outros hospitais do Estado, após um incêndio ter atingido ontem o Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte do Rio. O incêndio causou a morte de três pessoas e a transferência de mais de 160 pacientes.

"Já solicitei ao Corpo de Bombeiros, à Defesa Civil e à Secretaria de Saúde um reforço na fiscalização de outros hospitais para que não aconteça (isso de novo) e gente possa minimizar o risco de acontecer casos como esse de ontem", declarou.

O hospital atingido é vinculado ao Ministério da Saúde. Castro disse ter conversado ontem com o ministro da pasta, Eduardo Pazuello, para oferecer a ajuda do governo do Rio de Janeiro. "Coloquei o Estado à disposição para ajudar as pessoas que foram retiradas de lá", disse.

Um dia após o incêndio que causou a morte de três pessoas no hospital, bombeiros continuavam realizando trabalho de rescaldo. Na manhã de ontem, uma coluna de fumaça ainda podia ser vista saindo do local do incêndio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 40 militares atuavam no local pela manhã. 

O prédio que pegou fogo abrigava a enfermaria e o CTI e no momento das chamas era ocupado por 162 pacientes, que precisaram ser transferidos.

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para apurar as causas do incêndio na terça-feira. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários