Álcool em gel chega a todos os ônibus de Mogi

Após as primeiras semanas sem o cumprimento integral da lei que determina o fornecimento do álcool em gel nos ônibus do transporte coletivo de Mogi das Cruzes, o produto agora está em todos os veículos da cidade. A medida foi imposta pela Lei 7.607/2020 com o intuito de evitar a disseminação do novo coronavírus.

A reportagem do Mogi News entrevistou passageiros em pontos da região central e também motoristas que afirmaram que as empresas responsáveis pelo serviço finalmente estão cumprindo a lei de forma integral. 

O fornecimento do álcool em gel dentro dos coletivos tornou-se obrigatório desde 21 de setembro. No entanto, houve um "período de adaptação" que extrapolou o início da validade da medida, e gerou muita reclamação dos passageiros.

No últimos meses, em decorrência da Covid-19, o álcool em gel se tornou um item essencial. Os ônibus da cidade, porém, atravessaram os meses mais severos da pandemia sem fornecer o item de higienização.

Apenas por intermédio da lei criada pela Câmara Municipal, as empresas que operam o serviço em Mogi - CS Brasil e Viação Princesa do Norte - foram obrigadas a fornecer o item gratuitamente.

Na semana em que a medida entrou em vigor, a reportagem verificou que o item ainda não era fornecidos nos ônibus da cidade. Na ocasião, a CS Brasil declarou que estava se adaptando mas já havia começado a instalar os recipientes nos ônibus. A Viação Princesa do Norte não se manifestou.

*Texto supervisionado pelo editor 

Deixe uma resposta

Comentários