Prefeitura de Mogi determina 1º lote da instalação de radares

Avenida Yoshiteru Onishi receberá novo equipamento
Avenida Yoshiteru Onishi receberá novo equipamento - FOTO: Mogi News/Arquivo
O primeiro lote dos radares municipais de Mogi das Cruzes serão instalados nas próximas semanas pelo Consórcio Caminhos Seguros Mogi já foram estabelecidos pela Secretaria Municipal de Trânsito. A empresa que venceu a licitação deve finalizar o processo de instalação até o final deste mês nos 17 endereços divulgados pela Prefeitura durante a semana.

"O consórcio responsável pelo serviço está implantando as estruturas físicas e aguarda a chegada dos equipamentos encomendados. Após a instalação, deverá ser feita a aferição pelo órgão técnico especializado", explicou o Executivo municipal. Os equipamentos começarão a operar após terem sido aprovados na aferição, e posterior à determinação da Secretaria Municipal de Transportes. 

Ao todo, neste primeiro lote, serão instalados seis barreiras eletrônicas, sete radares fixos, um equipamento de fiscalização de avanço de semáforo, um equipamento de fiscalização de restrições de caminhões e dois radares estáticos (popularmente conhecido como móvel), com revezamento entre 11 pontos de fiscalização (veja no quadro as vias incluídas). 

Há mais de dois meses a cidade permanece sem os radares em suas vias municipais. O desligamento ocorreu após o fim do contrato com a empresa responsável pelo serviço. A cidade contava então com mais de 30 equipamentos, sendo 15 radares fixos, sete lombadas eletrônicas, cinco equipamentos de fiscalização de avanço do sinal vermelho do semáforo e de parada sobre a faixa de travessia de pedestres na mudança de sinal luminoso, cinco medidores estáticos e um equipamento de fiscalização de restrições de caminhões.

Os trechos que contavam com os equipamentos de fiscalização eram as avenidas Anchieta, Doutor Álvaro de Campos Carneiro, Henrique Peres, Lourenço de Souza Franco, Valentina Mello F. Borenstein (sentido Itapeti e Brás Cubas), Francisco Ferreira Lopes na altura do nº 4.410, Francisco Ferreira Lopes x R. Alberto Alves, Julio Simões, Prefeito Carlos Alberto Lopes e avenida Japão.

Além destas, também tinham medidores as avenidas Engenheiro Miguel Gemma (altura dos números 2.325 e 2.360), Francisco Ferreira Lopes, Francisco Rodrigues Filho, Lourenço de Souza Franco, Japão x rua Thuller, Japão x rua Ícaro Alexandre Coelho, João XXII e Yoshiteru Onishi. Além da rodovia Pedro Eroles (altura dos números 1.385, 1.887 e 1.741) e na rua Doutor Ricardo Vilela com a rua Dom Antonio C. Alvarenga.

ONDE SERãO INSTALADOS OS EQUIPAMENTOS

Avenida Valentina M. F. Borenstein

Avenida Henrique Peres

Rua Doutor Deodato Wertheimer

Avenida Prefeito Carlos Alberto Lopes

Avenida Francisco Ferreira Lopes

Avenida Francisco Ferreira Lopes x Rua Alberto Alves

Avenida Anchieta

Avenida Lourenço de Souza Franco  

Rodovia Pedro Eroles

Avenida Japão

Rua Doutor Ricardo Vilela x Rua Dom Antonio C. Alvarenga

Avenida Francisco Rodrigues Filho (em nove pontos)

Avenida Yoshiteru Onishi (em dois pontos)

Deixe uma resposta

Comentários