Gestores de finanças do Alto Tietê debatem o PIX

Os gestores municipais que integram a Câmara Técnica de Finanças do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) participaram nesta semana de uma reunião virtual para apresentação do PIX, novo sistema de transações monetárias do Banco Central que entra em vigor em 16 de novembro. O cadastramento de chaves - combinação com telefone celular, CPF, CNPJ ou e-mail necessária para as operações digitais - foi iniciado na última segunda-feira.

A reunião teve a participação de representantes da Superintendência de Governo da Caixa Econômica Federal para o Alto Tietê e teve o objetivo principal de explicar como funcionará o PIX, esclarecer as dúvidas e apresentar as possibilidades de uso do sistema pelas prefeituras.

O PIX serve para pagamentos e transferência, com a vantagem de permitir operações em qualquer horário e com rapidez. Ele poderá ser usado por todos que possuem conta bancária, sejam pessoas físicas ou jurídicas, padronizado pelo Banco Central.

Para o cidadão, o PIX oferece vantagens como inclusão financeira; redução de custos (as transferências entre pessoas físicas não serão tarifadas); integração digital e ambiente aberto, visto que se destina à utilização por meios digitais; disponibilidade e conveniência; agilidade; simplicidade; rastreabilidade e segurança; multiplicidade de usos.

"Para o cliente, destaca-se a praticidade e rapidez, modernidade de gestão, redução de inadimplência, melhoria na prestação de contas, posicionamento ágil ao cidadão, eficiência, economia e rastreabilidade", apontaram Cleber Alessandro dos Santos, superintendente Executivo de Governo da Caixa nos municípios do Alto Tietê, e Regiane Ferreira Lemos, gerente de clientes.

"É um modelo novo de transações, que se espelha ao que já funciona em outros países, e que traz principalmente mais facilidades. É importante para os gestores conhecerem detalhadamente as possibilidades e esclarecer as dúvidas para organizar as finanças dentro dos municípios", concluiu Caio César Vieira de Araújo, coordenador da Câmara Técnica de Finanças do Condemat.

Todas as instituições financeiras e instituições de pagamento com mais de 500 mil contas de clientes ativas, são obrigadas a participar do PIX, ofertando a seus clientes todas as suas funcionalidades de iniciação e de recebimento de pagamentos. E para utilizar o sistema é preciso fazer o cadastramento prévio diretamente com as instituições financeiras.

Deixe uma resposta

Comentários