Até agora, 29% das candidaturas estão aprovadas para as eleições

Michael Della Torre
Michael Della Torre - FOTO: Divulgação
 Há 25 dias das eleições municipais, 29% das candidaturas registradas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram aprovadas e estão aptas a receber os votos no pleito que será realizado no dia 15 de novembro. Ao todo, entre concorrentes ao Executivo e Legislativo, 179 dos 599 candidatos foram aprovados. Três candidaturas foram consideradas inaptas.

Dentre os nomes e chapas que já receberam a liberação para o pleito até a tarde de ontem, figuram quatro das sete candidaturas ao Executivo: Caio Cunha (Pode), Fred Costa (PDT), Michael Della Torre (PTC) e Rodrigo Valverde (PT). Além disso, seus respectivos candidatos a vice-prefeito também já foram aprovados: Priscila Yamagami (Pode), Suely Fulco (PDT), Dora Carvalho (PTC) e Waldir Fernandes (PSOL). Candidato à reeleição, o prefeito Marcus Melo (PSDB) e seu candidato a vice-prefeito Sadao Sakai (PL) ainda não configuram na lista de candidaturas aprovadas pela Justiça Eleitoral, o que deverá ocorrer nos próximos dias.

Já em relação aos vereadores que tentam reeleição à Câmara Municipal, seis nomes aparecem como aptos: Péricles Bauab (PL), Francimário Vieira (PL), Otto Rezende (PSD), Edson Santos (PSD), Clodoaldo de Moraes (PL) e Protássio Nogueira (PSDB). Este último aparece com uma ressalva, já que a 74ª Zona Eleitoral de Mogi das Cruzes impugnou em primeira instância a candidatura do vereador, acatando o pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE). Apesar de constar como apto no item "detalhe da situação", a candidatura do vereador aparece como "indeferida com recurso".

As três candidaturas que foram recusadas pela Justiça Eleitoral são dos vereadores Jean Lopes (PL) e Carlos Evaristo (PSB), que renunciaram à possibilidade de reeleição após a deflagração da operação Legis Easy, que os levou à prisão por suposta corrupção na Câmara Municipal, e do até então candidato Álvaro Portela (PL), que foi atualizada no último domingo para a situação "indeferida".

Em relação a aprovação de candidaturas nestas eleições, Mogi está consideravelmente atrasada na comparação com a média nacional. Das 555.225 candidaturas registradas em todo o território nacional, 51,23% já foram julgadas (284.421 candidatos), sendo 49,2% aptos a receber o voto (273.652 candidatos), e outros 1,94% inaptos (10.769 candidatos).

Candidaturas

Ao todo, são 585 candidatos a vereador e 14 a prefeito e vice-prefeito em Mogi das Cruzes, um aumento de 48,2% na comparação com as eleições municipais de 2016, quando havia 404 concorrentes ao Executivo e Legislativo. Dos 585 concorrentes a uma cadeira na Câmara, 16 tentam a reeleição, além do prefeito Marcus Melo que, dos 14 candidatos ao Executivo, também se candidatou para assumir o cargo por mais quatro anos.

Deixe uma resposta

Comentários