Vasques e Centro Cultural reabrem dia 7

A Secretaria de Cultura e Turismo de Mogi das Cruzes anunciou ontem o retorno das atrações do Theatro Vasques e do Centro Cultural a partir de 7 de novembro. Os eventos dispostos na agenda cultural do município poderão ser sediados novamente, considerando que a Prefeitura já elaborou um cronograma de exibições (veja no quadro).

Os espaços estão fechados desde março, em razão da quarentena de coronavírus (Covid-19). Os organizadores de ações culturais que tiveram datas suspensas já podem procurar a Secretaria para fazer o reagendamento. A prioridade é atender aqueles que já tinham data agendada para este ano.

Já os agendamentos para o próximo ano serão regrados por um novo edital. "O que continua suspenso, por ora, é o funcionamento dos museus geridos pela Secretaria de Cultura e Turismo. Isso porque, esses espaços em breve serão alvo de reformas, então não faria sentido reabri-los agora, para na sequência fechá-los novamente", pontuou a Prefeitura de Mogi.

Por enquanto serão retomados eventos da agenda cultural como a Semana do Hip Hop, Festival de Culturas Negras e o Salão de Artes. A Biblioteca Municipal Benedicto Sérvulo de SantAnna, que funciona no segundo andar do prédio do Centro Cultural de Mogi, retomará as atividades em 10 de novembro.

A Biblioteca e o Centro Cultural passarão a funcionar de terça-feira a sábado, das 9 às 18 horas. Já o Theatro Vasques funcionará de acordo com a realização de eventos.

Medidas

No Theatro Vasques, os protocolos básicos de higiene e segurança, como disponibilização de álcool em gel, serão de responsabilidade do organizador da ação. O público total a ser recebido no espaço será de aproximadamente cem pessoas (1/3 da capacidade máxima), em cada camarim só poderão ficar oito pessoas ao mesmo tempo e, na área técnica, o máximo será de quatro profissionais trabalhando simultaneamente.

Na Biblioteca Municipal haverá um controle por meio do qual cada pessoa poderá ficar no máximo três horas, exceto em situações em que não haja demanda grande de público e o distanciamento mínimo esteja sendo respeitado. As baias com computadores foram afastadas, portanto funcionará uma baia sim, uma não. O público não terá mais acesso direto ao acervo. Assim, todos precisarão solicitar aos atendentes ou ao bibliotecário o livro ou a obra desejada.

Na Galeria de Artes Wanda Coelho Barbieri (piso térreo do Centro Cultural), será permitido um número máximo de 20 pessoas visitando a exposição do 7º Salão Municipal de Artes Plásticas. Na Sala Multiuso Wilma Ramos (1º andar do Centro Cultural), também haverá limitação de público, distanciamento de um metro e meio entre as pessoas e não será permitido apresentações com público em pé.

CRONOGRAMA DE ATRAçõES

07/11 - Espetáculo Assum Preto (breaking)/ Semana do Hip Hop (terá transmissão online)

13/11 - MCs no Palco/ Semana do Hip Hop (terá transmissão online)

17/11 - 8º Festival de Culturas Negras / Música e Contação de Histórias, com Brendo de Lima, João Yrapoan e Valéria Custódio

18/11 - 8º Festival e Culturas Negras – Tereza de Benguela (Dança) - Estúdio Aline D'dance

28/11 – O Despertar, Grupo Teatral Porão (ProAC)(peça teatral, recomendação 16 anos)

Fonte: Secretaria Municipal da Cultura e Turismo

Deixe uma resposta

Comentários