Suzano alcança 95% da meta na vacinação contra a pólio

Com poucos dias para o final da Campanha de Multivacinação e Vacinação contra a poliomielite, em Suzano, restam apenas 974 doses para que a meta deste ano seja atingida. Até ontem, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 17.090 imunizações, o que corresponde a 95% da meta da cidade.

A campanha termina amanhã, pois na sexta-feira é ponto facultativo em comemoração do Dia do Servidor Público. 

Os pais e responsáveis podem levar as crianças com menos de cinco anos até uma das unidades básicas de saúde, portando a carteira de vacinação para que ela seja avaliada por um profissional de saúde. Caso haja necessidade, a criança receberá a imunização contra a paralisia infantil.

A campanha tem o intuito de manter o vírus da doença erradicado, impedindo que um novo surto aconteça, além de atualizar a situação vacinal.

Entre as cidades mais populosas da região, apenas Ferraz de Vasconcelos apresentou um percentual positivo como Suzano, atingindo 94% da meta. Segundo a Vigilância Epidemiológica de Ferraz de Vasconcelos, órgão vinculado a Secretaria de Saúde da cidade, foram vacinadas 9.989 crianças, sendo que a meta é imunizar 10.609.

Em Mogi das Cruzes, a meta está longe de ser alcançada. Desde o dia 5 de outubro, data em que a campanha teve início, a Secretaria Municipal de Saúde imunizou apenas 8.602 crianças, ou seja, apenas 37,39% da meta.

O menor índice entre as cidades mais populosas da região foi constatado em Poá, com apenas 31,5% da meta atingida. No município, somente 1.904 das 6.034 crianças esperadas haviam se vacinado. Itaquaquecetuba não forneceu informações sobre a campanha até o fechamento desta edição.

Multivacinação 

Além da paralisia infantil, a campanha tem como meta atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes de até 14 anos. O calendário vacinal inclui outros 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças, como BCG (tuberculose), rotavírus (diarréia), pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b - Hib), pneumocócica, meningocócica, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais), febre amarela, varicela e hepatite A.

Neste ano também passou a integrar o calendário do Sistema Único de Saúde (SUS) a Meningo ACWY, já inserida na campanha atual. A vacina protege contra meningite e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.

Deixe uma resposta

Comentários