Diocese divulga celebrações para o feriado de Finados na região

Cemitério São Salvador, em Mogi, é um dos três públicos instalados na cidade
Cemitério São Salvador, em Mogi, é um dos três públicos instalados na cidade - FOTO: Mogi News/Arquivo
Na próxima segunda-feira, Dia de Finados, o bispo diocesano de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini, vai celebrar uma missa, a partir das 7 horas, no Cemitério Municipal São Salvador, localizado na praça Antônio Nogueira, 101, no centro de Mogi. As informações foram divulgadas ontem pela Diocese de Mogi, que também listou outras programações da data.

Ainda no período da manhã no Cemitério São Salvador, haverá celebrações às 8 horas, 9 horas, 10 horas e 11 horas. Já no período da tarde as missas serão realizadas às 15 horas e 16 horas. No distrito de Braz Cubas, no Cemitério Municipal da Saudade, localizado na rua Capitão Joaquim de Mello Freire, 900, no bairro Vila Victória, a primeira missa será às 8 horas, em seguida, celebrações às 10 horas, meio-dia e depois às 15 horas.

Em Ferraz de Vasconcelos haverá missas às 9 e 16 horas no Cemitério da Saudade. Já no Cemitério Parque do Cambiri, a programação ocorrerá às 9, 10h30, ao meio-dia e às 15 horas. Por fim, no Cemitério São Benedito, em Guararema, as missas devem ocorrer às 8 , 10 e 15 horas, ainda segundo informações da Diocese de Mogi.

Além da programação dos outros cemitérios mogianos e das demais cidades do Alto Tietê, haverá missas na paróquias e comunidades. "É necessário que cada fiel verifique o horário com a própria paróquia que deseja, os endereços e telefones estão no site da Diocese: diocesedemogi.org.br/paroquias.php", pontuou a Diocese de Mogi.

Para os católicos, nesta data também se concede a Indulgência Plenária a um fiel falecido, assim, os líderes religiosos solicitam que aos que visitarem o cemitério, que rezem, façam a confissão sacramental, a comunhão eucarística e oração na intenção ao papa Francisco (como um Pai Nosso ou uma Ave Maria, por exemplo).

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica (CIC) a indulgência é a remissão, perante Deus, da pena temporal devida aos pecados cuja culpa já foi apagada; remissão que o fiel devidamente disposto obtém em certas e determinadas condições pela ação da Igreja que distribui e aplica o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos.

Deixe uma resposta

Comentários