Tite convoca seleção, sem novidades

Ainda que sem apresentar surpresas na convocação de ontem, o técnico Tite voltou a dar chance a jogadores que haviam ficado de fora da última chamada da seleção brasileira. Para os jogos contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o treinador chamou Alisson, Éder Militão, Arthur, Gabriel Jesus e Vinicius Junior.

A seleção vai enfrentar a Venezuela em 13 de novembro (sexta-feira), às 21h30, no Morumbi, em São Paulo. Os uruguaios serão os adversários no dia 17 (terça), em Montevidéu. O Brasil tem 100% de aproveitamento nas Eliminatórias até agora, com duas vitórias em dois jogos. Goleou a Bolívia por 5 a 0 na estreia, na Neo Química Arena, em São Paulo. E, depois, superou o Peru por 4 a 2, em Lima.

Em sua última convocação do ano, Tite chamou Éder Militão, na vaga de Felipe; Arthur, no lugar de Bruno Guimarães; e Vinicius Júnior, no posto que foi de Rodrygo, seu colega de Real Madrid.

Para o gol, Tite voltou a convocar Alisson, descartado dos últimos dois jogos em razão de lesão. Recuperado, ele voltou a treinar com o Liverpool e deve ser o titular nas partidas de novembro. Ederson deve ser o reserva imediato. E Weverton, titular nos jogos de outubro, será o terceiro goleiro.

Entre outros jogadores que estavam machucados e haviam perdido a convocação anterior, Gabriel Jesus voltou a ser lembrado. Já os laterais Alex Sandro e Daniel Alves seguiram de fora. O primeiro está voltando de contusão, enquanto o jogador do São Paulo já voltou aos gramados.

O volante Douglas Luiz, do Aston Villa, e Gabriel Menino, do Palmeiras, ganharam nova oportunidade. O primeiro foi um dos destaques da seleção nas duas primeiras partidas nas Eliminatórias. E Menino voltou a ser chamado como lateral, embora atue no meio-campo.

Tite também chamou mais três jogadores que atuam no Brasil: Weverton, o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Everton Ribeiro, os dois últimos do Flamengo. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários