Amapá terá repasse de R$ 21,6 milhões

Energia vai sendo restabelecida aos poucos no Estado
Energia vai sendo restabelecida aos poucos no Estado - FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O governo federal autorizou o repasse de R$ 21,618 milhões ao Amapá para ações de defesa civil. O Estado sofre com um apagão de energia elétrica desde o último dia 3, decorrente de um incêndio na subestação da capital Macapá. Quase todos os municípios amapaenses foram atingidos pelo blecaute - 14 do total de 16 localidades. A liberação do recurso consta de duas portarias publicadas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na tarde de ontem.

O primeiro ato do governo autoriza o empenho e o repasse de R$ 668,399 mil e o segundo, R$ 20,950 milhões. As portarias são assinadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, que reconheceu na sexta-feira, 6, a situação de emergência decretada pelo governo local nos municípios amapaenses afetados pelo desastre. As portarias estabelecem que os recursos financeiros serão empenhados a título de "transferência obrigatória" e que o prazo de execução será de 180 dias.

A população do Estado tem vivido desde 3 de novembro um drama pela falta de energia, que vem sendo retomada gradualmente desde sábado, mas em sistema de rodízio, deixando muitos sem água ou alimentos.

Como medida paliativa, o governo tem enviado geradores termoelétricos por aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e por barcaças. Os equipamentos danificados com o incêndio pesam cerca de 100 toneladas e precisarão ser substituídos. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários