PF inicia investigação sobre ataques virtuais ao TSE

A Polícia Federal já iniciou a investigação sobre os ataques virtuais feitos ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Uma equipe especializada na apuração de crimes cibernéticos, especialmente de casos de pedofilia e tentativas de fraudes bancárias na internet, vai atuar no caso. O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, apontou a ação de "milícias digitais" e disse na última segunda-feira, 16, ver "motivação política" nos ataques virtuais sofridos pela Justiça Eleitoral (A.E)

Deixe uma resposta

Comentários