Caminhada resgata história em São Paulo

Projeto existe desde 2018 e traz reflexão sobre o tema
Projeto existe desde 2018 e traz reflexão sobre o tema - FOTO: Divulgação
Ontem foi comemorado o dia da Consciência Negra. A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista.

Em São Paulo o projeto "Caminhada São Paulo Negra" que existe desde 2018 percorre, uma vez por mês, o trajeto de quase 3 quilômetros passando por pontos da região central da cidade que têm relação com a história da população negra.

O tour começa em frente a Igreja Santa Cruz das Almas dos Enforcados, onde Guilherme Soares Dias, empresário e guia do projeto, lembra que São Paulo é a cidade com a maior população de negros do país.

"São Paulo apagou a cultura negra mesmo com marcos que ela construiu. Então é importante resgatar a história. A gente não aprende isso nas escolas.", completou Guilherme.(A.E.)

Deixe uma resposta

Comentários