Prefeito indicará dois conselheiros ao TCM

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), indicará dois conselheiros para o Tribunal de Contas do Município (TCM), o que não ocorria desde a gestão Celso Pitta (1997-2000). Nos últimos anos, o órgão teve um polêmico protagonismo na vida da cidade ao suspender licitações do Executivo, provocando atrasos em obras consideradas importantes para os gestores.

Entre 2021 e 2024, os conselheiros Maurício Faria e Edson Simões chegarão à idade-limite, 75 anos. O primeiro foi indicado em 2002, na gestão Marta Suplicy, e era um quadro do PT na cidade: havia sido vereadora na gestão de Luiza Erundina e era presidente da extinta Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) quando assumiu o cargo. Já Simões foi indicado pela Câmara e referendado pelo prefeito Celso Pitta quando assumiu, há 23 anos

O TCM é composto por cinco membros com cargos vitalícios e tem a função de fiscalizar os gastos do governo municipal. (E.C.)