Mais de 65 mil veículos passam pela Mogi-Bertioga

O volume de trafego registrado na rodovia Mogi-Bertioga (SP-98) neste feriado prolongado de Finados foi 9,1% menor do que o estimado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro, 65.382 automóveis passaram pela rodovia, a estimativa do órgão rodoviário para o período era maior, a previsão calculava que cerca de 72 mil veículos fariam uso da ligação entre Mogi das Cruzes e o litoral paulista.

Segundo o governo do Estado, a redução registrada no trafego se deu principalmente pelo clima, com tempo chuvoso e baixas temperaturas os banhistas acabaram desistindo das praias. Além disso, o reforço das orientações para evitar viagens desnecessárias e manter o isolamento social, diante da pandemia do coronavírus (Covid-19), ajudaram a conter grandes fluxos de turistas pegando a estrada, conforme registrado em datas anteriores.

Na comparação com o Dia da Independência do Brasil, celebrado em 7 de setembro, a quantidade de veículos registrados neste Finados também foi menor. Na ocasião, entre 3 e 7 de setembro, 107.581 automóveis haviam utilizado a Mogi-Bertioga, portanto, um fluxo 39% maior do que o contabilizado nos quatro dias do último feriadão, de acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

Ainda na comparação com o 7 de Setembro, a queda na quantidade de turistas foi sentida em todos os principais corredores de acesso ao litoral paulista e ao interior administrados pela Artesp e pelo DER. O calculo geral é de que 3.851.793 veículos tenham utilizado as rodovias paulistas, um volume 11% menor em relação aos 4.325.475 veículos que trafegaram pela mesma malha no período do feriado da Independência. (L.K.)