Urnas são preparadas para eleições do dia 15

A Justiça Eleitoral do Estado de São Paulo realizou no último domingo os preparativos das urnas eletrônicas que serão utilizadas no dia 15 de novembro, no primeiro turno das eleições municipais 2020. Na oportunidade, foi realizada a cerimônia pública de geração de mídias, preparação, conferência e lacração das urnas eletrônicas das três zonas eleitorais mogianas (74ª, 289ª e 319ª). O procedimento visa garantir a transparência e segurança do processo eleitoral, assim como o sigilo do voto.

As mídias geradas são os dispositivos utilizados para carga na urna, votação, ativação de aplicativos de urna e gravação de resultado.

O procedimento de preparação (carga), feito pelos cartórios eleitorais, consiste na transferência para a urna dos dados dos eleitores que votam em cada seção e dos candidatos que concorrerão no pleito. Cada seção eleitoral corresponde a uma urna eletrônica.

Após alimentar as urnas com as informações dos eleitores e candidatos, os servidores realizaram testes nos equipamentos, verificando o funcionamento do som, impressora, brilho da tela e teclado. Em seguida, foram colocados lacres nos compartimentos das máquinas, devidamente assinados pela autoridade eleitoral, pelo promotor e pelos fiscais dos partidos e coligações presentes.

Representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, dos partidos políticos e das coligações, entre outras instituições, puderam acompanhar o procedimento em cada uma das três zonas eleitorais de Mogi.

Depois de preparadas e lacradas, as urnas só realizam operação em dia e horário determinado, ou seja, na data da eleição. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), qualquer tentativa de ligar a urna antes será fracassada, pois, quando ativada, a máquina mostrará uma tela com mensagem informando para aguardar o dia e hora do início da votação.

Horário

Vale lembrar que o horário de votação nas eleições municipais deste ano será das 7 às 17 horas. Será reservado um horário preferencial de votação, das 7 às 10 horas, para o voto de pessoas acima de 60 anos, que integram grupos de risco para o novo coronavírus. (F.A.)