Itaquá e Mogi realizaram mais de 3 mil exames

Um levantamento efetuado pelas Secretarias de Saúde de Itaquaquecetuba e de Mogi das Cruzes apontou que mais de 3 mil exames de papanicolau e mamografia foram efetuados no mês passado. Ao todo, as duas cidades somaram 3.240 exames no período. Popularmente conhecido como Outubro Rosa, o mês recebe uma série de campanhas e eventos em cidades e Estados sobre a prevenção contra o câncer de mama e no colo do útero.

No entanto, considerando que este tem sido um ano atípico e turbulento em razão da pandemia pela Covid-19, as prefeituras de Itaquá e Mogi não realizaram nenhum evento específico, para reduzir as possibilidades de aglomeração. Desta forma, as chances de disseminar o coronavírus também foram controladas.

O levantamento divulgado nesta seamana mostrou que em Itaquá foram registrados 214 exames, entre coletas de papanicolau e mamografia, com um encaminhamento à oncologia. A Prefeitura não disponibilizou o número fragmentado por tipo de exame. Já no ano passado, ainda no mês de outubro, a Secretaria Municipal de Saúde somou 581 exames, sendo que nove foram encaminhados às unidades de oncologia. Os atendimentos ginecológicos deste ano, em outubro, totalizaram 1.376, enquanto no ano passado a quantidade foi de 2.876.

Já no município de Mogi, foram realizados 3.026 exames no mês passado, sendo 1.554 coletas de papanicolau e 1.472 mamografias. Cerca de 170 exames de papanicolau apresentaram resultados alterados e serão avaliados pelos médicos.

"Estamos aguardando a finalização dos números relacionados às mamografias. No entanto, ainda não é possível informar sobre encaminhamentos para a oncologia porque isso depende de análise médica e de outros exames que devem ser solicitados para complementação diagnóstica, conforme o caso", explicou a Secretaria de Saúde de Mogi.

Ainda de acordo com o Executivo mogiano, em outubro do ano passado a Pasta somou 4.415 exames, sendo 2.793 coletas de papanicolau e 1.622 mamografias.

Em Suzano, somente no mês passado foram feitos quatro encaminhamentos para unidades oncológicas de mastologia e outros dois para unidades oncológicas de ginecologia. Em outubro de 2019, foram realizados oito encaminhamentos para unidades oncológicas de mastologia e seis para oncológicas de ginecologia, a Prefeitura, no entanto, não informou sobre a quantidade de exames.

Apesar de questionadas, as Prefeituras de Poá e Ferraz de Vasconcelos não responderam à reportagem até o fechamento desta edição.

Deixe uma resposta

Comentários