Dirigentes da ACMC destacam conquistas e desafios

Roberto Assi atuou na revitalização da região central
Roberto Assi atuou na revitalização da região central - FOTO: Divulgação
Com 25 anos de participação na Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), os empresários Fádua Sleiman e Roberto Assi compartilharam lembranças e conquistas do período em que estão na entidade. Os depoimentos, disponíveis nas redes sociais, integram a série comemorativa dos 100 Anos da ACMC, que desde a semana passada retrata momentos importantes da história a partir das lembranças de dirigentes e associados.

Vice-presidente da ACMC na atual gestão, a consultora empresarial e palestrante Fádua Sleiman conta que ingressou na entidade a convite do ex-presidente José da Silva e teve a satisfação de fazer parte da criação do pioneiro Conselho Empresarial Feminino (Consef). Ela lembra que Mogi foi uma das primeiras associações, fora da capital, a implantar um conselho destinado a fomentar a participação das mulheres nos negócios.

Ativo desde o final dos anos 90, o Consef desenvolve ações para fortalecer o empreendedorismo feminino, divulgar cases de sucesso e desenvolvimento de novas cadeias de negócios. "O trabalho do Consef culminou com a minha ida para o Conselho Estadual e também para Conselho Nacional, expandindo a representatividade de Mogi das Cruzes para o Brasil todo. Isso é um orgulho para todas as empreendedoras que, em algum momento, fizeram e fazem parte do Conselho Feminino da ACMC", destacou Fádua, que ao longo dos últimos 25 anos atuou em outras diretorias da entidade.

Assim como Fádua, o empresário Roberto Assi ingressou na ACMC no final dos anos 90, na gestão do ex-presidente José da Silva. Comerciante do segmento de papelarias e com loja na região central, ele ressalta a participação ativa da entidade nas principais discussões da cidade. Ele mesmo representou a ACMC no Conselho de Segurança (Conseg), no Conselho da Cidade (Concidade) e no Conselho de Transportes.

Para Roberto Assi, que ocupa o cargo de secretário na atual Diretoria Executiva da ACMC, um dos grandes desafios foi na última década, durante as obras de revitalização da área central da cidade, com intervenções nas regiões das praças Sacadura Cabral e Oswaldo Cruz, que se estenderam por meses e impactaram drasticamente o movimento nas lojas.

"Foi uma grande satisfação ter representado os comerciantes e atuado na intermediação com a prefeitura e a construtora. A ACMC conseguiu com que os comerciantes participassem ativamente de todas as etapas e com todos os pleitos atendidos", lembra o empresário. "Tenho muito orgulho de fazer parte da ACMC no seu centenário e de fazer parte da história de Mogi das Cruzes", conclui Roberto Assi.

Os depoimentos da série comemorativa dos 100 Anos da ACMC estão disponíveis no facebook, instagram e youtube. As ações têm os patrocínios de Shibata Supermercados, Grupo NotreDame Intermédica, CS Brasil, Arrumando a Casa, O Boticário, Aquatec Purificadores de Água e Multiplic Corretora de Seguros.

Deixe uma resposta

Comentários