Mogi registra 3.591 pessoas recuperadas em dois meses

Nos últimos dois meses, Mogi das Cruzes acumulou 3.591 pessoas curadas do coronavírus (Covid-19), até terça-feira passada eram 8.281 recuperados desde o começo da pandemia na cidade, em março. A quantidade de pacientes que se livraram do vírus, no entanto, tem diminuído progressivamente enquanto o número de novas contaminações se mantém estável, com algumas oscilações. Os dados foram divulgados pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e contabilizados pelo grupo Mogi News.

Entre 1° e 15 de setembro, Mogi teve 1.551 pessoas recuperadas, a quantidade foi reduzindo nas quinzenas seguintes, entre o dia 15 do mesmo mês e 1° de outubro, 1.148 mogianos foram curados, no período seguinte, entre o dia 1° e 15 de outubro esse total foi de 527, por fim, entre 15 do mesmo mês e 3 de novembro 365 se recuperaram da Covid-19. Dentro destes dois meses foram 3.591 casos recuperados, 2.864 novas contaminações e 108 óbitos.

Enquanto a quantidade de recuperados foi reduzindo progressivamente, o de novas infecções se manteve acima nas duas últimas quinzenas. Entre 1° e 15 de setembro, 914 casos foram confirmados na cidade, na segunda quinzena, de 15 de setembro a 1° de outubro a quantidade caiu para 586 e entre 1° e 15 do mesmo mês o total de novas pessoas infectadas saltou para 771 e voltou a diminuir ligeiramente na terça-feira passada para 593.

Em Suzano o fenômeno também foi similar. Dentro do mesmo período estudado, 1.823 pessoas se recuperaram, 1.786 se contaminaram e 49 faleceram em decorrência do vírus. Na primeira quinzena foram 872 curados e 406 infectados, na segunda quinzena 678 recuperados e 431 contaminados, na terceira 186 e 299, na última quinzena foram apenas 87 recuperados e 650 novos casos se confirmaram no município.

Em Itaquaquecetuba, dentro das quatro quinzenas, 2.914 cidadãos se curaram, 1968 se infectaram e 67 morreram. Na primeira quinzena de setembro 447 pessoas foram restabelecidas e 641 se infectaram, na segunda quinzena 224 e 374, na terceira quinzena 241 se curaram e 468 se contaminaram, na quarta quinzena Itaquá teve um salto de 2.002 moradores recuperados e 485 novas infecções.

Em Ferraz de Vasconcelos entre 1° de setembro e 3 de novembro, foram registrados 1.099 casos recuperados, 1.690 novos casos de Covid-19 e 40. Na primeira quinzena foram 127 curados e 415 infectados, na quinzena seguinte foram 210 novas recuperações e 670 contaminações, na terceira quinzena 169 e 220 e na quarta quinzena 593 pessoas se restabeleceram e 385 foram acometidos pela Covid-19.

Por fim, em Poá, no período analisado em todas as cidades, 485 pessoas se recuperaram, 565 se infectaram e 22 vieram a óbito. Nas quatro quinzenas, tanto as recuperações quando os novos casos se mantiveram estáveis. Na primeira quinzena 129 se recuperaram e 135 se infectaram, na segunda quinzena 136 e 188, na terceira quinzena 104 e 127 e na quarta quinzena 116 poaenses se restabeleceram e 115 foram diagnosticados com Covid-19..

*Texto supervisionado pelo editor.