Campanha de Mauro do Salão foi a mais cara entre eleitos

Vereador Farofa anunciou
despesas de R$ 37.659,40
Vereador Farofa anunciou despesas de R$ 37.659,40 - FOTO: Diego Barbieri/CMMC
Dentre os 23 vereadores eleitos em Mogi das Cruzes no último domingo, a campanha com maior volume de despesas declaradas junto à Justiça Eleitoral foi a de Mauro Mitsuro Yokoyama (PL), o Mauro do Salão, com R$ 43.643,50 empregados durante o período eleitoral. Em segundo lugar, o atual vereador Francimário Vieira (PL), o Farofa, declarou gastos de R$ 37.659,40.

Do valor empregado por Mauro, 89% foram com despesas pessoais, cerca de R$ 39 mil. Já Farofa empregou 44,6% do valor declarado (R$ 16,8 mil) em despesas com pessoal.

Já na casa dos R$ 20 mil, outras duas campanhas podem ser vistas, também de um vereador eleito pela primeira vez e de um já em atividade. Vitor Emori (PL) empregou R$ 28.430,79 enquanto o vereador Pedro Komura (PSDB) disponibilizou e declarou R$ 21.370,00.

O vereador eleito que mais recebeu votos neste pleito, Marcelo Porfírio da Silva (PSDB), o Marcelo Brás do Sacolão, foi um dos que menos declarou gastos até o momento, com apenas
R$ 1,8 mil, a segunda campanha mais barata dentre os candidatos que já declararam gastos. A mais em conta foi a da vereadora eleita Maria Luiza Fernandes (SD), a Malu Fernandes, que declarou apenas R$ 657,28 e foi a 16ª com mais votos no pleito mogiano. Vale ressaltar que dois candidatos não declararam nenhum gasto até o momento: Juliano Botelho (PSB) e Milton da Silva (PSD), o Bi Gêmeos.

Também se destaca a campanha do vereador Maurino José da Silva (Pode), o Policial Maurino, que declarou despesas de apenas R$ 1,9 mil, a terceira mais barata dentre os candidatos que declararam algum valor.

Deixe uma resposta

Comentários