13 mil famílias recebem o benefício da tarifa social

Mais de 13 mil famílias de Mogi das Cruzes têm garantida a tarifa social do pagamento das prestações das contas de luz. Mogi é uma das oito cidades do Alto Tietê que é atendida pela EDP e, ao todo, 13.585 famílias de baixa renda das têm acesso este benefício. O desconto varia de acordo com o próprio consumo de energia, podendo chegar a até 65% e é concedido para os primeiros 220 kWh consumidos mensalmente.

Um dos requisitos para receber o benefício é a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional e com atualização no Cadastro Único.

Outra alternativa para participar do programa é o cadastro de famílias no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos e que possuem portadores de alguma doença cujo tratamento médico necessita do uso de equipamentos que dependam do consumo de energia elétrica.

Ainda de acordo com a EDP, os demais requisitos para ser beneficiado pelos descontos são: famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único e pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC).

Conta atrasada

A distribuidora EDP iniciou ontem o Feirão de Negociação, que oferecerá acordos aos consumidores. Os clientes poderão parcelar os débitos em até 24 vezes.

Há diversas formas em para que a negociação seja feita, pela internet por meio do portal EDP Online (www.edponline.com.br), pelo aplicativo EDP Online ou por meio do 0800 721 0123. (T.M.)