Aliança entre menos votados é discutida pelos partidos

Della Torre (PTC) confirma que apoio
no 2º turno será anunciado hoje
Della Torre (PTC) confirma que apoio no 2º turno será anunciado hoje - FOTO: Arquivo Pessoal
Ainda sem nenhum apoio oficial declarado por parte dos candidatos que não foram para o segundo turno, cogita-se a possibilidade da criação de uma aliança entre os três concorrentes com menor votação: Miguel Bombeiro (Pros), 1,2% (2.319 votos); Michael Della Torre (PTC), 1,07% (2,058 votos); e Fred Costa (PDT), 0,96% (1.850 votos).

A possibilidade de união entre os três candidatos foi informada pela primeira vez ontem pelo candidato Della Torre. A reunião do concorrente que não participará do segundo turno marcada para a noite da última terça-feira não ocorreu como previsto devido a falta de alguns apoiadores e eleitores específicos do partido. Está marcado para hoje o anúncio de qual candidato que está no segundo turno a sigla irá apoiar, além de fornecer outras informações sobre essa frente política cogitada entre eles.

Até o momento, Marcus Melo (PSDB), 42,3% (81.555 votos) e Caio Cunha (Pode), 28,3% (54.591) não receberam apoio público oficial de nenhum candidato derrotado nas urnas.

Enquanto a indefinição ainda ronda os menos votados, Rodrigo Valverde (PT), com 17,3% (33.509 votos) e Felipe Lintz (PRTB), com 8,8% (16.971 votos) parecem estar próximos de definir o apoio a Cunha. Também sem anúncios oficiais, Lintz esteve em contato ontem com Cunha e Valverde esteve ao lado do candidato que está no segundo turno durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, onde os dois vereadores atuam. Lintz e Valverde falam que será necessário dos candidatos habilitados ao segundo turno assumir alguns compromissos públicos para que o apoio seja contundente.

Valverde confirmou à reportagem que não tem condições de apoiar Marcus Melo depois da forte oposição exercida por ele na Câmara Municipal nos últimos quatro anos. No mesmo sentido, Lintz também afirmou que não irá apoiar Marcus Melo, a quem fez duras críticas durante a campanha.

Se Melo não deve contar com apoio de boa parte dos candidatos derrotados, ele garante que o deputado federal Marco Bertaiolli (PSD), importante liderança na cidade e que o lançou politicamente em 2016, estará com ele durante este segundo turno. O atual prefeito disse que esteve com o deputado na última segunda-feira e que ele reafirmou o apoio para sua campanha. "Ele, como mogiano, não quer a cidade na mão de alguém sem experiência", disse. "Em momento certo, ele vai ter a oportunidade de mostrar seu apoio", completou.

Deixe uma resposta

Comentários