Central Judiciária será inaugurada no centro

A Central de Polícia Judiciária, localizada no térreo do prédio na avenida Fernando Costa, 88, na região central de Mogi das Cruzes, será inaugurada hoje. A unidade tem como principal objetivo unir serviços em um mesmo local e aumentar a atuação cotidiana de policiais militares nas ruas para diminuir os índices de criminalidade.

Enquanto o novo espaço funcionará no térreo, na parte superior serão instaladas a Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) e o Setor de Investigações Gerais (SIG), que funcionavam na Delegacia Seccional.

A nova Central contará ainda com celas maiores para presos em trânsito e espaço mais amplo para atendimentos das equipes policiais. De acordo com o delegado-assistente da Seccional de Mogi, Júlio Vaz, o atendimento especializado, promovido por cinco equipes de policiais civis, deve trazer mais agilidade na elaboração dos flagrantes trazidos pela Polícia Militar e Guarda Civil Municipal (GCM).

"Eles vão levar os casos direto para a Central de Polícia Judiciária e, lá mesmo, será feita a comunicação à Justiça e ao Ministério Público. Somente se houver necessidade da continuidade da investigação é que o caso será remetido para a delegacia responsável", afirmou.

O novo serviço implicará em mudanças nas quatro delegacias de Mogi, principalmente no 1º e o 2º Distrito Policial, que não irão mais funcionar aos finais de semana, nem 24 horas. Todos eles funcionarão em horário comercial.

O delegado Julio Vaz explicou também que não haverá mais PMs ou GCMs, além de policiais rodoviários e ferroviários apresentando flagrantes nos DPs, assim, as unidades estarão livres para o registro boletins de ocorrência.