Estado prorroga quarentena para até 16 de dezembro

A quarentena foi prorrogada em todo o Estado de São Paulo até o dia 16 de dezembro, a medida foi publicada no Diário Oficial pelo governo estadual, anteontem. A atualização da classificação do Plano São Paulo também foi adiada e deverá ser anunciada apenas no próximo dia 30 devido a uma falha no sistema de dados do Ministério da Saúde.

A prorrogação dos decretos ocorre em um momento que o Estado começa a registrar novas altas de internações de pacientes diagnosticados com o coronavírus (Covid-19). É 14ª vez que a quarentena é prorrogada no Estado, o decreto anterior estendia a medida até o dia 16 de novembro.

Dentro da quarentena, o governo do Estado adotou o Plano SP, que é um modelo de flexibilizações em fases que vão da vermelha (maior gravidade) à azul (normalidade), atualmente o Alto Tietê, se encontra na fase verde, desde o 9 de outubro, que antecede a azul.

Segundo o governo do Estado, a prorrogação foi necessária em razão de instabilidade nos dados sobre óbitos e casos graves de Covid-19, provocada por falhas no sistema do governo federal.

"Esta pane afetou a normalização das informações em todo Brasil e aqui em São Paulo em especial", disse o governador João Doria (PSDB).

Os indicadores federais apontam que a maioria da população do Estado já pode ser promovida à fase verde do Plano SP, no entanto, os índices de internações, que são contabilizados dizem o contrário. Altas são registradas em diversos hospitais, o que pode representar um agouro da 2° onda da pandemia que já se manifesta na Europa e nos Estados Unidos.

*Texto supervisionado pelo editor.