TJ condena vice-prefeito de Ferraz em 2ª instância

O vice-prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Karim El Nashar (PP), foi condenado em segunda instância pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ). O político terá de cumprir pena de quatro anos e oito meses de detenção em regime semiaberto e a pagar 23 salários-mínimos de multa. Karim foi condenado por envolvimento em um esquema criminoso para o desvio de dinheiro dos cofres públicos, valendo-se do setor de licitações da Prefeitura. Outros envolvidos também foram condenados, como o ex-prefeito Acir Filló dos Santos.

De acordo com o proecesso, o ex-prefeito Acir Filló coordenava um esquema para realizar fraudes em licitações e desviar dinheiro público durante seu mandato entre os anos de 2013 e 2016. Segundo a condenação, o esquema criminoso contava com o respaldo do Departamento Jurídico, cujo secretário, na época, era Karim El Nashar que, para a Justiça, não realizava o controle adequado dos procedimentos licitatórios.

"Buscando dar aparência de legalidade e demonstrando o prévio conluio aos demais, Karim, Secretário de Assuntos Jurídicos, elaborou parecer confirmando a legalidade e legitimidade do procedimento administrativo, sem apontar qualquer dos vícios constantes do procedimento, tornando inequívoca a sua ciência e anuência à prática delitiva" aponta a decisão do tribunal. O vice-prefeito Karim El Nashar negou a acusação, sustentando que sempre advertiu o prefeito e as demais pessoas que trabalhavam no seu setor, admitindo que poderia haver erros, mas não intenção em fraudar o que quer que seja.

Sobre a decisão, o diretor de Comunicação de Ferraz, Fernando Felippe, informou que o vice-prefeito deverá entrar com embargos infringentes, medida que o sentenciado apela ao próprio tribunal que o julgou. "Foram dois votos contra o Karim e um a favor, que pede a absolvição, por isso que ele vai entrar com embargos infringentes no próprio TJ. Ele pode até ser absolvido", disse. 

O diretor disse ainda que não acredita que o caso tenha comprometido a campanha do atual prefeito, José Carlos Fernandes Chacon (Republicansos, o Zé Biruta, que não conseguiu se reeleger. "Não acreditamos que essa situação tenha gerado qualquer barreira entre o governo e população. Faltou um maior conhecimento do ferrazenses sobre as realizações da prefeitura na cidade", finalizou.

*Texto supervisionado pelo editor.

 

Deixe uma resposta

Comentários