Debates na última semana acirram a corrida eleitoral

Os candidatos a prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo (PSDB) e Caio Cunha (Pode), que estão no segundo turno da eleição municipal, participaram na manhã de ontem do segundo debate eleitoral, promovido pela Rádio Metropolitana.

Na noite da última terça-feira, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Mogi das Cruzes promoveu o primeiro encontro entre os concorrentes. 

Enquanto o candidato à reeleição Marcus Melo se apresentou como a opção com mais experiência para administrar Mogi nos próximos quatro anos, o candidato e vereador Caio Cunha ressaltou o seu potencial adquirido como parlamentar e a composição técnica de seu futuro secretariado como a melhor alternativa nesta eleição.

Sobre um dos temas mais utilizados por seus adversários durante a campanha, o aumento do IPTU em 2017, o prefeito Melo adotou o mesmo discurso usado anteriormente. O candidato reconheceu o equívoco na elevação da contribuição e prometeu que o imposto não subirá no próximo ano. A promessa também foi realizada por Cunha.

Durante os momentos de maior embate entre os candidatos, o atual prefeito chamou seu adversário de mentiroso, como na oportunidade em que Cunha afirmou que o projeto Mais Mogi Ecotietê ainda era "apenas uma maquete 3D". "O projeto foi aprovado em Brasília, junto a um Banco Internacional. O projeto é coisa séria", disse Melo.

Em outro momento, foi a vez de Cunha subir o tom contra seu adversário ao questionar Melo sobre a experiência do prefeito em ter o ex-secretário e atual vereador Francisco Bezerra (PSB) envolvido em uma denúncia de corrupção na Câmara Municipal. "São vereadores da sua base. Todos os presos, de todos os partidos, apoiam o candidato", disse Cunha ainda sobre o caso.

No primeiro debate realizado pela OAB, temas como o aumento do IPTU, o programa Mais Mogi Ecotietê e a falta de pessoas técnicas nos cargos da Prefeitura também foram discutidos.

Amanhã, a partir das 22h30, ocorre o terceiro e último debate entre os candidatos do segundo turno, promovido pela TV Diário. (F.A.)

Deixe uma resposta

Comentários