Incentivo da AGCO deverá criar até mil empregos

Mogi das Cruzes deverá criar até mil vagas de emprego nos próximos meses a partir do investimento da AGCO na cidade. Para suprir essa demanda, 400 profissionais deverão ser treinados pela Prefeitura por meio dos programas Crescer e Emprega Mogi, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A remuneração média dos novos trabalhadores deverá ser de R$ 4 mil.

A fabricante multinacional de equipamentos agrícolas AGCO Corporation formalizou, nessa semana, seu plano de trabalho que prevê, a partir de 2021, novos investimentos na cidade, com a expectativa de geração de 200 empregos diretos e cerca de 750 vagas indiretas.

Para garantir que essas novas vagas de emprego sejam ocupadas por mogianos, o diretor de Desenvolvimento Econômico, Claudio Costa, explicou que a Prefeitura deverá qualificar 400 profissionais por meio de seus programas. Os interessados em participar da seleção já podem se cadastrar no Emprega Mogi. "Para esse treinamento faremos uso da infraestrutura fornecida pelo Senai. Serão 400 profissionais em treinamento, entre eles teremos de formar cerca de 200 soldadores e pintores. Todo esse processo já deverá começar em dezembro", disse.

Costa contou ao Mogi News que o investimento da AGCO é muito importante para a cidade porque, além da geração de empregos diretos, vagas indiretas também deverão ser criadas nas empresas locais que fornecem materiais para suprir a demanda da fabricante em sua produção de pulverizadores.

"O investimento da AGCO em Mogi veio após um forte trabalho de aproximação da empresa. A Prefeitura da cidade tentou entender quais eram as necessidades da fabricante e, por meio de linhas de acesso ao crédito e projetos de isenções de imposto em nível estadual, com a articulação do prefeito junto ao governador, conseguimos garantir a ampliação da produção da AGCO em nossa cidade e trazer esses empregos", comemorou o diretor. (L.K.)

Deixe uma resposta

Comentários