Arujá é a segunda cidade mais competitiva da região

Arujá é a segunda cidade mais competitiva do Alto Tietê. É o que mostra o Ranking de Competitividade dos Municípios, estudo inédito elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP). Com 53.19 de nota geral, o município só fica atrás de Mogi das Cruzes, que obteve o resultado de 53.40. Os dados foram divulgados na última semana.

Em âmbito nacional, Arujá figura entre as cem mais competitivas, ocupando a 86ª posição. De acordo com o levantamento, foram analisados 405 municípios com população acima de 80 mil habitantes.

A avaliação geral obtida é, inclusive, mais alta que a média do Estado de São Paulo, calculada em 52,67. O município também ficou acima da média da região Sudeste, que obteve 50,09 pontos, e da média nacional, avaliada em 46,61.

O ranking é composto por 55 indicadores, organizados em 12 pilares e três dimensões temáticas que, segundo a pesquisa, são consideradas fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública na esfera municipal. São avaliados temas como funcionamento da máquina pública, acesso à saúde e à educação, inserção econômica, inovação e dinamismo econômico.

Além de Arujá e Mogi das Cruzes, outras quatro cidades da região aparecem no estudo. O município de Poá ficou em 140º lugar, enquanto Suzano alcançou a 176ª posição. Ferraz de Vasconcelos e Itaquaquecetuba encontram-se, respectivamente, nas 261ª e 279ª colocações.

"O resultado obtido por Arujá no âmbito regional, estadual e nacional só demonstra que a cidade está no caminho do desenvolvimento", observou o prefeito José Luiz Monteiro (MDB).