Alto Tietê confirma um óbito em Mogi

Mogi das Cruzes foi a única cidade do Alto Tietê a registrar morte por coronavírus (Covid-19) nas últimas 24 horas. A vítima foi uma mulher de 76 anos. Os números com a atualização de casos e mortes foram divulgados ontem pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê, em conjunto com as prefeituras.

Oito meses após a confirmação do primeiro falecimento por coronavírus na região, ocorrido em Suzano, o Alto Tietê acumula 1.618 óbitos ocorridos em razão da doença, sendo Mogi, com 469; Itaquaquecetuba, com 329; e Suzano, com 264, a cidades com mais mortes confirmadas. Em número de contaminações, são 36.330 nas dez cidades, com Mogi informando 10.899 casos; Suzano, 7.040 e Itaquá 5.989.

Em todo o Estado de São Paulo, de acordo com os dados de ontem, são 1.601 óbitos e 1.224.744 casos confirmados do novo coronavírus. Entre o total de casos diagnosticados de Covid-19, 1.084.660 pessoas estão recuperadas, sendo que 131.896 foram internadas e tiveram alta hospitalar, informou o Palácio dos Bandeirantes, sede do Executivo estadual.

Ainda segundo o governo do Estado, As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 56,7% na Grande São Paulo e 49,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 9.175, sendo 5.309 em enfermaria e 3.866 em unidades de terapia intensiva, conforme dados atualizados ao meio-dia de ontem.

Todos os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 597 com um ou mais óbitos. Entre as vítimas fatais estão 23.925 (57,5%) homens e 17.676 (42,5%) mulheres. Os óbitos permanecem concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,6% das mortes.