APCD da região faz alerta sobre riscos do câncer bucal

Alexandre Balbi é vice-presidente da entidade
Alexandre Balbi é vice-presidente da entidade - FOTO: Divulgação
Na semana em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Câncer, celebrado hoje, a regional Mogi das Cruzes da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD) faz um alerta sobre o câncer da boca: o Brasil é o terceiro país com maior incidência de casos deste tipo - são 15 mil novos por ano. A prevenção e o diagnóstico precoce são as principais formas de vencer a doença, desconhecida por grande parte da população.

O câncer bucal afeta lábios, gengivas, bochechas, língua, céu e assoalho da boca - parte superior e inferior. A doença é mais frequente em homens, a partir dos 40 anos. A região Sudeste do país, onde estão localizados os municípios atendidos pela regional da APCD, apresenta as maiores taxas de incidência e de mortalidade da doença, juntamente ao Sul do Brasil.

"O diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso no tratamento do câncer da boca mas, infelizmente, a maior parte dos casos só é descoberta em estágios avançados. E isso acontece porque as pessoas, em sua maioria, não têm o hábito de autoexaminar a boca e nem de ir ao dentista com frequência", ressaltou o vice-presidente da APCD Mogi, Alexandre Balbi.

O cirurgião-dentista indica que o autoexame seja feito semanalmente ou, no mínimo, uma vez por mês. A melhor forma de fazer isso é através da avaliação visual. Na frente de um espelho, abra a boca e inspecione todos os tecidos moles, a língua e os dentes. Ao detectar qualquer anormalidade, a recomendação é procurar um dentista para um exame mais detalhado e diagnóstico.

"Qualquer lesão, inchaço, alteração de cor ou mesmo afta persistente requer atenção imediata", alertou o vice-presidente da APCD Mogi.

Esse cuidado é necessário porque o câncer da boca geralmente aparece como uma úlcera, sem dor inicial, mas com difícil cicatrização. O fumo e o álcool estão entre os principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença, assim como alimentação pobre em vitaminas, exposição excessiva ao sol e falta de higiene bucal.

"Reduzir os fatores de risco, fazer sempre o autoexame e visitar o dentista regularmente são a melhor forma de prevenir o câncer da boca", orientou Alexandre Balbi.

A regional da APCD atende os municípios de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis e Suzano.

Na sede instalada em Mogi das Cruzes, a APCD disponibiliza atendimento à população com custo reduzido em várias especialidades da odontologia, inclusive no diagnóstico ao câncer da boca. Informações podem ser obtidas por meio do site www.apcd-rmc.com.br e do telefone 4790-3969 e 4699-1805. 

Deixe uma resposta

Comentários