Protocolos de segurança devem ser observados na hora de votar

Cuidados serão os mesmos do primeiro turno
Cuidados serão os mesmos do primeiro turno - FOTO: Felipe Claro
Os 319 mil eleitores de Mogi das Cruzes voltam às urnas amanhã para escolher o próximo prefeito. Para garantir a proteção de todos durante a votação, os protocolos sanitários e os cuidados são os mesmos adotados no primeiro turno para evitar o contágio por coronavírus (Covid-19).

Os eleitores escolherão entre Marcus Melo (PSDB) (42,3%, com 81.555 votos no primeiro turno ) e Caio Cunha (Pode) (28,3%, com 54.591 votos no primeiro turno). O eleitor que não votou no dia 15 pode votar normalmente amanhã. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reforçou que cada turno é tratado como uma eleição independente.

Mogi teve no primeiro turno a maior porcentagem de abstenções da região, 27,7% do eleitorado mogiano deixou de votar. Dos 319.826 aptos, 88.855 não compareceram às seções eleitorais.

Segurança

Os protocolos inseridos no Plano de Segurança Sanitária tem como objetivo evitar aglomerações e a disseminação do coronavírus. Assim, a orientação do TSE é para que o eleitor vote e retorne à sua residência, sempre usando máscara facial. Antes e depois de votar, o eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel.

Enquanto estiver na área de votação, ele deverá também respeitar o distanciamento entre uma pessoa e outra, definido pelos marcadores que estarão no chão. A medida também vale para os mesários, que, além das máscaras, deverão utilizar face shields (protetores faciais).

Caso o eleitor se dirija à seção eleitoral sem usar máscara, ele poderá ser impedido de entrar.

A recomendação para que o eleitor leve a sua própria caneta continua valendo, mas o uso é apenas para assinar o caderno de votação. A exemplo do primeiro turno, ao entrar na seção eleitoral, o eleitor deverá mostrar um documento oficial com foto, esticando o braço para que o mesário possa, a distância, verificar os seus dados de identificação. Nos locais de voto, não será permitido ao eleitor se alimentar, beber ou praticar ação que necessite a retirada da máscara facial.

O eleitor deve ficar atento à proibição do uso de aparelho celular. A proibição tem por intuito proteger o sigilo do voto.

Horário

Em vez do horário de votação ser entre 8 e 17 horas, como nas disputas anteriores, as seções eleitorais vão funcionar a partir das 7 horas com o objetivo de evitar aglomerações, mantendo o horário das 17 horas para o fechamento das seções. Eleitores com 60 anos ou mais terão horário preferencial, entre 7 e 10 horas.

DICAS PARA ESTE 2º TURNO

-Para comparação de propostas e saber o número do candidato, os eleitores podem acessar o site divulgacandcontas.tse.jus.br

-É possível consultar a zona e a seção eleitoral pelo site do TSE (tse.jus.br) com o título de eleitor ou pelo número de CPF.

-Todos os eleitores e mesários que tiverem febre nos 14 dias anteriores não devem comparecer e poderão justificar.

-O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral ou estiver impedido de votar deve justificar a ausência no aplicativo e-Título, sem sair de casa.

-Mais de 319 mil eleitores estão aptos a votar neste segundo turno.

-As seções eleitorais vão funcionar entre 7 e 17 horas.

-Eleitores com 60 anos ou mais terão horário preferencial, entre 7 e 10 horas.

-Uso de máscara na seção continua obrigatório.

-Eleitor que chegar ao local de votação com o rosto descoberto poderá ser impedido de entrar.

-O TSE recomenda levar a própria caneta.

-Na fila de espera é necessário manter distância das pessoas.

-Antes e depois de votar, a recomendação é higienizar as mãos com álcool em gel. (F.A)

Deixe uma resposta

Comentários