Farmácia de alto custo realiza 61 mil agendamentos

A farmácia de alto custo de Mogi das Cruzes, localizada na avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, no bairro Vila Partenio, próxima à Prefeitura, já realizou mais de 61 mil agendamentos no aplicativo Remédio Agora, ferramenta implantada pelo governo do Estado de São Paulo para agendar a retirada de remédios de alto custo.

O serviço tem como objetivo facilitar o atendimento e evitar filas e aglomerações em frente as unidades.

A Secretaria de Estado da Saúde informou, ontem, que foram feitos 15,7 mil cadastros no aplicativo e 61,1 mil agendamentos para receber o medicamento de forma gratuita.

O "Remédio Agora" permite que o paciente escolha a data e o horário da retirada do medicamento, reduzindo o tempo de espera na unidade.

O atendimento sem hora marcada continua, mas a proposta é que o aplicativo seja amplamente divulgado e utilizado pela população.

Em todo o Estado, o dispositivo acumulou, até ontem, cerca de 110,5 mil cadastros e 513,9 mil agendamentos em todas as farmácias.

Em média, o uso do aplicativo reduz em 25% o número de pessoas dentro das unidades. Além disso, o agendamento também reduz o tempo de espera em cerca de 15 minutos.

Em meio à pandemia, a nova tecnologia também contribui com as medidas de prevenção do coronavírus Covid-19, agilizando o atendimento e evitando aglomerações.

Na capital, o aplicativo está disponível nas farmácias Maria Zélia, Várzea do Carmo e Vila Mariana, que correspondem a 70% do total de usuários e 77% dos agendamentos. No Alto Tietê, foi implantado somente em Mogi das Cruzes e também já está disponível em Campinas e Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

Em maio, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) assumiu a gestão da Farmácia de Alto Custo de Mogi já com o intuito de implantar o aplicativo no município.