Festival oferecerá atrações de forma gratuita e online

Entre os dias 4 e 6 de dezembro, o D'escambô festival multicultural, organizado por artistas, ativistas e agitadores culturais da região do Alto Tietê, oferecerá de forma gratuita mais de 40 atrações culturais pela internet. Para participar, basta seguir o D'escambô no Youtube e Facebook acesse https://lkt.bio/descambo, através das plataformas também serão realizados sorteios de kits culturais e lives extras.

As ações, incentivadas pelo Programa de Fomento à Arte e Cultura de Mogi das Cruzes (Profac) são diversas e incluem desde shows, ciclos de conversa, saraus e workshops à documentários, micro exposições, vivências, intervenções, performances teatrais, contação de histórias, sessões de cinema, exercícios gastronômicos e fóruns. A programação conta com mais de 70 horas de conteúdos interativos

Entre as ações principais estão as apresentações de Jup do Bairro, ganhadora do Prêmio Multishow Artista revelação 2020; o de Déa Trancoso, que está em pré-estreia de novo repertório; e o solo de Renata Rosa.

Há também nomes locais e alternativos, como Nível de Cima, Thiago Costa, Uma Luiza, Rodrigo Góes, Lissin, Congada Santa Efigênia, e muitas participações, como DJ Nandes Castro e Mauricio Noro.

No cronograma estão ainda, ciclos de conversas literárias com nomes como Ailton Krenak, reconhecido pelo prêmio Juca Pata em 2020; escritor Sacolinha e Dayse Serena.

O objetivo do 'D'escambô' é provocar o participante a imaginar, refletir e questionar. Para fazer com que isso aconteça, os organizadores, Math'eus Borges e K-iqui Calisto, contam com apoio e colaboração de diversos parceiros que acreditam na possibilidade de reinventar a maneira de produzir e compartilhar a partir da cultura de escambo.

Escambo

Cultura de Escambo é o ato afetivo da troca de mercadorias, produtos ou serviços sem que haja a utilização de moeda ou dinheiro de nenhuma espécie, ou seja, a partir de permuta e troca recíproca entre pessoas que se dispõe a tal prática. O 'Festival Multicultural D'escambô' utiliza dessa cultura para estimular a construção e aplicação de economia criativa cultural consistente.

Isso quer dizer que as atividades do evento propõem múltiplas formas expressivas e colaborativas de troca ou compartilhamento, não pautadas exclusivamente pelo recurso financeiro, valor atribuído ou poder aquisitivo.

Segundo os organizadores do evento, Math'eus e K-iqui, D'escambô, o escambo "é a fé no miocárdio das culturas, utopia da experiência coletiva anticapitalista".

Isso quer dizer que o objetivo é estabelecer relações de convivência coletiva e também aspectos culturais e sociais não focados prioritariamente no poder aquisitivo do cidadão, mas também em sua "importância simbólica, turística e regional".

Para participar ou obter mais informações sobre o festival multicultural D'escambô acesso o site oficial da agenda http://www.descambofestival.com.br