Festival D'escambô abre amanhã e vai até domingo

Cantora e performer Jup do Bairro está na programação do primeiro dia do evento
Cantora e performer Jup do Bairro está na programação do primeiro dia do evento - FOTO: Divulgação
Shows, saraus, workshops, documentários, exposições, performances teatrais, contação de histórias e muitas outras intervenções artísticas, possibilitadas pelo Programa de Fomento à Arte e Cultura de Mogi das Cruzes (Profac). Tudo isso pode ser visto pela internet e de graça, no D'escambô Festival Multicultural, entre amanhã e domingo.

Na programação estão previstas mais de 40 atrações culturais, distribuídas em quase 70 horas de interatividade. Para participar, basta seguir o evento no Youtube e Facebook (via https://lkt.bio/descambo), plataformas em que serão realizados sorteios de kits culturais e lives extra.

"Todas as atividades priorizam artistas e trabalhadores independentes de arte e cultura da região do Alto Tietê", contou um dos organizadores, K.iqui Calisto. Também idealizador da agenda, Math'eus Borges complementou: "Além de provocar sentidos do corpo, as ações convidam o participante à experiências culturais ampliadas que estimulam a economia criativa por meio da cultura de escambo".

Como num enredo teatral, as portas do Festival D'escambô se abrem "numa soma de representatividade, crença e fissura". Amanhã, a aposta está na diversidade cultural e no diálogo aberto das muitas vozes que, a partir de suas narrativas, "recontam o mundo e questionam estruturas".

Para tanto, é preciso artistas de diversas linguagens e trajetórias. Exemplos são o músico e bailarino Lissin, a artista visual Lígia do Céu, os artistas e militantes de causas LGBTQIA , Brendo de Lima, Lucas Bandeira e Amanda Chaptiska, além de outros nomes diversos.

A atriz e brincante Daniele Santana lançará uma revista dedicada às mulheres do teatro; tem também a Cia. Liruê, com contação de histórias infantis, a cenopoetisa Jô Freitas e o escritor Poeta Seu Zé; a abertura da micro exposição da fotógrafa mogiana Lethicia Galo; e ainda a cantora e performer Jup do Bairro.

Ganhadora do prêmio Multishow de artista revelação 2020, Jup promete uma apresentação impactante com o repertório de seu mais recente EP 'Corpo Sem Juízo', trabalho que é como se fosse uma "extensão" dela.

"É a possibilidade de imortalizar as minhas memórias, o meu corpo. É pessoal, mas não termina em mim, sendo honesto com uma dignidade construída. Talvez seja a coisa mais importante que já fiz na minha vida e pela mesma", afirmou a cantora.

Onde assistir

Todas as atividades serão transmitidas pelos perfis oficiais do D'escambô no Facebook e Youtube. É possível obter mais informações sobre o projeto em www.descambofestival.com.br, onde é possível entender e praticar o escambo, "ato afetivo de trocar mercadorias, produtos ou serviços por meio de permuta", estimulando assim a "construção e aplicação de economia criativa cultural consistente".

No sábado, o evento multicultural segue a todo vapor. Compõem a agenda workshops criativos, cozinha tradicional colaborativa, ciclo de conversas com a poetisa e artista visual Dayse Serena e o poeta Math'eus Borges e muito mais.

A agenda inclui um sarau hip hop com Acme Sam, Sarah Key e outros convidados; intervenções de circo; exibição de documentários; shows musicais como o do rapper e MC Rodrigo Góes, que aparece "em apresentação efusiva" junto do guitarrista Maurício Noro e do DJ Nandes Castro.

Outro destaque é a presença da Congada de Santa Efigênia, que fará a abertura do show de Renata Rosa, nome importante da música autoral brasileira, que encanta com cocos e cirandas tradicionais de Pernambuco e Alagoas.

Deixe uma resposta

Comentários