Tricolor mostra interesse no zagueiro Miranda

O zagueiro Miranda pretende retornar ao futebol brasileiro em breve. O jogador de 36 anos tem contrato com o Jiangsu Suning, da China, até o meio de 2021 e já avisou ao clube que deseja retornar ao Brasil para ficar próximo de sua família e começar a pensar em sua aposentadoria. O São Paulo, equipe onde teve destaque, aparece como principal interessado. Flamengo e Palmeiras chegaram a mirar o jogador no passado.

O Estadão apurou que o São Paulo monitora a situação do defensor e até já teve conversas com ele para um possível retorno, mas o caso é tratado com cautela no Morumbi, principalmente porque no final do ano haverá eleição e a atual diretoria de futebol deverá ser trocada por completo.

O jogador embarcou no sábado para o Brasil para rever os seus familiares. A tendência é que ele retorne para a China e cumpra seus últimos meses de contrato. Miranda já admitiu seu desejo de voltar ao futebol nacional. De acordo com informações apuradas pela reportagem, a intenção da diretoria tricolor é tentar deixar as negociações encaminhadas para que a nova gestão decida acertar ou não com o zagueiro.

Há dois problemas que podem atrapalhar a volta ao São Paulo: o alto salário e o interesse de outros clubes com mais dinheiro. Miranda recebe cerca de R$ 2,5 milhões por mês na China. Valor inviável para qualquer time brasileiro, principalmente o São Paulo, que não esconde viver uma situação financeira delicada. Os dirigentes acreditam que o passado vitorioso e o clamor da torcida farão com que priorize o clube do Morumbi e aceite reduzir drasticamente o seu salário.

Outro ponto é que, apesar da idade, Miranda ainda tem mercado no Brasil. Ele acaba de ser campeão na China e jogando. Nunca foi reserva. O Palmeiras e o Flamengo, por exemplo, chegaram a tentar a sua contratação no ano passado, quando ele estava na Inter de Milão, mas as conversas não foram adiante.

O jogador decidiu retornar ao Brasil após sofrer com o distanciamento de seus familiares em razão do coronavírus. Ele chegou a ficar meses sem ter contato com a mulher e os filhos, pois não podiam ir para a China nem ele voltar ao Brasil. Além disso, Miranda acredita que já esteja chegando ao fim da carreira, mas ainda tem nível para jogar em times de ponta.

Miranda iniciou a carreira no Coritiba. Depois, defendeu o Sochaux (França), São Paulo, Atlético de Madrid, Inter de Milão e Jiangsu Suning, além de atuar pela seleção. O zagueiro disputou a Copa de 2018, na Rússia. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários