Da ilusão à realidade

A ilusão enraizada em nosso espírito é extremamente possante e profunda. Como exerce sobre nós tremenda influência, é de difícil eliminação. Esta eliminação é, por isso mesmo, a meta principal da prática dos que refletem.

Pode-se ilustrar o poder dessa ilusão tomando, por exemplo, um sonho. No momento em que sonhamos, estamos calma e confortavelmente dormindo e, portanto, o mundo inteiro pode surgir diante de nossos olhos. Por outro lado, a "realidade" vivenciada em nossos sonhos parece, também, ser verdadeira daquela que se percebe nesse mesmo momento.

Ao despertar, compreende-se que se teve simplesmente um sonho, mas em seguida, nada nos permitia de ver que ele se trata de uma ilusão.

Portanto, assim que o véu ilusório que recobre nosso espírito se dissipa, pode-se perceber, como quando se desperta de um sonho, que esta "realidade" não era, senão, mera ficção. Nós nos damos conta que concedemos ao mundo de todos os dias uma importância e uma solidez tais que sua existência real era para nós um fato indiscutível. O exemplo do sonho nos permite intervir como um ser desperto, que se libertou do império das ilusões enganadoras, percebendo o estado de confusão no qual nós estávamos. A seus olhos, este estado não é mais dotado da realidade, que para nós o sonho quando não nos encontramos mais mergulhados no sono.

A extraordinária qualidade dos ensinamentos do mestre reside, precisamente, no fato de nos permitir reconhecer aquilo que nós temos de real não é mais que a substância de um sonho, que esta pretensa realidade é destituída de essência, e que jamais reside em nós. Pode-se compreender o modo de ser autêntico das coisas, e a via da liberação do mestre nos oferece os meios de dissipar nossa prisão fundamental e de promover o despertamento, a liberação total da ilusão. É, nesse sentido que este ensinamento, o Despertar da Ignorância, é a qualidade a "mais preciosas das joias"; é o método supremo para reconhecer a natureza ilusória do mundo e passar da ignorância ao conhecimento autêntico.