DF limita horário de bares e restaurantes

O governo do Distrito Federal decidiu restringir o horário de funcionamento de bares e restaurantes e eventos culturais até as 23 horas. A medida restritiva para conter o avanço da Covid-19 foi tomada por meio de decreto, publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DF) de ontem, e motivada após o governo ter observado uma tendência de aglomeração de pessoas nesses estabelecimentos. Segundo o governo do Distrito Federal, a medida já está valendo e não tem prazo para acabar.

O decreto destaca a "necessidade constante de conter a disseminação do vírus e garantir o adequado funcionamento dos serviços de saúde" e de evitar o aumento do número de casos de internações decorrentes da doença.

O ato do governador Ibaneis Rocha reforça ainda que todos os protocolos e medidas de segurança já adotados devem ter continuidade. Permanece obrigatório o uso de máscara, a necessidade de distanciamento de pelo menos dois metros entre pessoas, higienização de cadeiras e mesas, organização de filas, entre outros.

O DF contabiliza até essa segunda, 229.146 casos de Covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde, e 3.930 mortes pela doença.

Praias

O grupo dedicado a combater a pandemia de coronavírus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) emitiu ontem nota técnica, alertando para o aumento acelerado de casos de Covid-19 no Brasil, em especial na cidade do Rio. Os especialistas pedem que seja tomada uma série de medidas, que incluem novo fechamento das praias e suspensão de eventos esportivos, sociais e culturais.

De acordo com o grupo, a explosão de casos acontece sem que a primeira onda de contágio no País tenha terminado, o que, segundo os especialistas "torna o problema ainda mais grave e complexo".