Associação Comercial adia solenidade comemorativa

Após retorno do Estado para a fase amarela da quarentena da Covid-19, a direção da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) decidiu adiar para o próximo dia 12 a solenidade comemorativa aos 100 Anos de fundação da entidade. O evento aconteceria neste sábado, na área central da cidade.

A comemoração seria realizada na praça Oswaldo Cruz, com homenagens para dirigentes que ajudaram a construir a história da Associação Comercial, que é uma das mais antigas do Estado de São Paulo. E também com a entrega de uma escultura em aço inox.

"A fase amarela restringe eventos mais numerosos e Mogi das Cruzes também está entre os 62 municípios paulistas em alerta em razão do aumento das internações por coronavírus. Portanto, adiar a solenidade dos 100 Anos da ACMC é uma medida preventiva necessária para que possamos reestruturá-la", justificou o presidente da Associação Comercial, Marco Zatsuga. "Neste momento, também, a prioridade é apoiar o comércio, que volta a ter o horário de funcionamento e a capacidade de atendimento reduzido, a minimizar as perdas na principal época do ano para os negócios", acrescenta o dirigente.

Nesta semana, a escultura criada pelo artista plástico Rodrigo Bittencourt para simbolizar os 100 Anos da ACMC foi instalada na Praça Oswaldo Cruz. O monumento, que representa evolução, crescimento e prosperidade, tem cinco metros de altura. "Em conjunto com a Prefeitura vamos definir como será feita a entrega da escultura para a cidade", informou o presidente.