Decreto sobre alteração de normas será publicado hoje

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio do Comitê Gestor da Retomada Gradativa das Atividades Econômicas, publica hoje um decreto, que altera e estabelece as normas para o funcionamento das mais diversas atividades econômicas na fase 3 - amarela. O anúncio da reclassificação de todo o Estado de São Paulo para a atual fase foi feito na última segunda-feira pelo governo estadual. O decreto com as novas medidas passa a vigorar a partir de segunda-feira.

Na fase amarela, o horário de funcionamento de todos os segmentos volta a ser de até 10 horas por dia e a capacidade limitada será de 40%. O horário de funcionamento deverá ser informado à Prefeitura por meio de um formulário online, e afixado em local visível. As especificações para cada setor e os protocolos sanitários estão disponíveis na página da Flexibilização da Quarentena no site da Prefeitura de Mogi.

"A Prefeitura realizou os estudos necessários e conversas com os mais diferentes segmentos ainda no mês de julho com a entrada do município na fase amarela e com a reclassificação nesta semana realinhou e readequou as medidas e os protocolos. As medidas passam a vigorar a partir da próxima segunda-feira, dia 7 de dezembro, e não imediatamente, afim de oferecer um tempo de preparo e readaptação às pessoas", disse o responsável pelo Comitê Gestor, o vice-prefeito Juliano Abe (MDB).

O Comitê ressaltou que o uso de máscaras, o fornecimento de álcool em gel por parte dos estabelecimentos comerciais, o distanciamento mínimo de 1,5 m entre cada pessoa e a observância ao protocolo sanitário de cada segmento mantêm-se obrigatórios.