Preço da gasolina retorna ao que era antes da pandemia

O preço da gasolina comercializada ao consumidor em Suzano começa a voltar aos patamares praticados antes da pandemia de coronavírus (Covid-19). Em janeiro, o litro na bomba estava saindo, em média, por R$ 4,39 o valor chegou a cair até R$ 3,76 no ponto alto das restrições, em julho, e agora o litro pode ser encontrado por R$ 4,12. A recuperação em "V" também foi registrada no comércio do etanol, os dados foram divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)

A variação no preço dos combustíveis nos últimos meses permite avaliar a dimensão do impacto da pandemia na economia. Em janeiro deste ano, dois meses antes da chegada da primeira onda da doença no país, o preço médio da gasolina em Suzano estava em torno de R$ 4,39. Em julho, quando a região metropolitana se encontrava na fase vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva, o preço chegou a bater em R$ 3,76. Agora em novembro, após meses de condicionamento à normalidade, se mantendo na fase verde até o final do mês passado, o preço alcançou R$ 4,12.

O etanol, sofreu uma variação muito similar. Em janeiro o combustível era comercializado por R$ 3,07, em julho o preço despencou para R$ 2,59 e em novembro o preço na bomba chegou a R$ 2,96, praticamente se recuperando ao que era praticado antes da pandemia.

Com as variações é possível constatar que antes do início da pandemia o consumo de combustíveis estava normal e o preço seguia os valores praticados no mercado internacional, como os tabelados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Quando os impactos das restrições impostas para mitigar a disseminação do vírus alcançaram o máximo, o preço dos combustíveis caiu para manter a produção e escoamento do produto pois tanto a gasolina como o álcool perdem o poder calorifico com o tempo, a gasolina chega até mesmo a oxidar. Parados, os combustíveis perderiam ainda mais valor. Com a volta do consumo se aproximando da normalidade, o preço voltou a aumentar configurando a recuperação.

O preço médio de venda da gasolina comum em Suzano neste mês é de
R$ 4,12 o litro, mas o motorista poderá economizar até R$ 0,50 em Suzano, isto porque, se em alguns postos de combustível da cidade o valor na bomba está em até R$ 4,39, há estabelecimentos onde o preço de venda para o consumidor é de R$ 3,89.

Etanol

Já o etanol comercializado nos postos de combustível em Suzano está saindo em média por R$ 2,96, de um extremo ao outro, o valor mais alto encontrado pela ANP em Suzano foi de
R$ 3,19 e o mais baixo foi de R$ 2,84, uma variante no preço para o consumidor de R$ 0,35 dentro do mesmo município.

A ANP visitou 14 postos de combustível em Suzano de diferentes bandeiras em vários bairros da cidade e essa síntese de preços praticados foi produzida entre os dias 22 e 28 de novembro.