Segurança e Educação serão definidas na próxima semana

Setor de Segurança municipal foi um dos mais questionados pelo prefeito eleito, Caio Cunha, durante a campanha
Setor de Segurança municipal foi um dos mais questionados pelo prefeito eleito, Caio Cunha, durante a campanha - FOTO: Mogi News/Arquivo
Com menos de um mês para a transição do atual governo para a próxima gestão, o prefeito eleito Caio Cunha (Pode) começa a anunciar seu secretariado e promete divulgar mais dois nomes na próxima semana.

A partir de segunda-feira, o atual vereador irá anunciar os secretários de Educação e de Segurança, confirmando ao menos quatro nomes para sua equipe. Isso porque nesta semana, Cunha já revelou o convite feito a Claudio de Faria Rodrigues para a Pasta de Planejamento e Urbanismo - que será anexada à de Obras - e confirmou o professor universitário mogiano e ex-secretário estadual de Planejamento de Santa Catarina, Francisco Cardoso de Camargo Filho, como novo titular da Pasta de Governo.

Durante a campanha, Cunha prometeu um secretariado técnico, criticando a atual gestão em relação às "barganhas" realizadas, segundo ele, para ocupar os cargos na administração municipal.

O anúncio esperado para a próxima semana dos secretários de Educação e de Segurança vai ao encontro do que o então candidato prometeu em campanha. Em meio a respostas a seguidores durante o período eleitoral, Caio Cunha garantiu a mudança em diversas Pastas, citando trocas nas secretarias de Educação, Segurança, Transportes, Assistência Social e Esportes.

Atualmente, a secretaria municipal de Governo é ocupada pelo advogado Marco Soares, a de Educação, pela professora e diretora Juliana Guedes, e a de Segurança, pelo ex-comandante do 17º Batalhão da Polícia Militar, Paulo Roberto Madureira Sales.

Durante a campanha, Caio Cunha citou também o secretário da Saúde, Henrique Naufel, como um dos poucos que ele consideraria a presença em seu mandato. O futuro prefeito não descartou o convite ao secretário Naufel, mas disse que o atual titular da Pasta não é o nome prioritário para a escolha.

Boatos

Em conversa com a reportagem, o prefeito eleito Caio Cunha desmentiu alguns boatos que circulam pela cidade. O primeiro dava conta de que o ex-delegado Eduardo Peretti, filho do vereador Benedito Taubaté Guimarães (PTB), que vai se aposentar no final deste mandato, seria seu secretário de Segurança, possibilidade que, segundo o futuro chefe do Executivo, não é verdade e não chegou a ser discutida.

Outros dois boatos que circularam na cidade dizem respeito à indicação do vereador Rodrigo Valverde (PT) para comandar o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) e do ex-candidato a prefeito, Felipe Lintz (PRTB), para a gerência do Hospital Municipal de Braz Cubas. Ambas especulações foram desmentidas por Cunha. "Isso não chegou a ser discutido", encerrou.

Deixe uma resposta

Comentários