Pacote de novos secretários será anunciado na sexta-feira

O anúncio do secretariado escolhido pelo prefeito Caio Cunha (Pode) deve ser feito, em massa, na próxima sexta-feira. O atual vereador e futuro chefe do Executivo disse que irá promover uma entrevista coletiva na data para anunciar de quatro a cinco secretários das tidas como principais Pastas da administração municipal.

O anúncio esperado para a próxima sexta-feira é dos secretários de Educação e de Segurança - os quais ele já havia confirmado que iria anunciar ao longo desta semana - e de Saúde, completando a lista de técnicos nas consideradas principais Pastas do Executivo. Há ainda outras secretarias, não divulgadas, que devem ter os titulares indicados.

Durante a campanha, Cunha prometeu um secretariado técnico, criticando a atual gestão em relação às "barganhas" realizadas, segundo ele, para ocupar os cargos na administração.

Na semana passada, Cunha já revelou o convite feito a Claudio de Faria Rodrigues para a Pasta de Planejamento e Urbanismo - que será anexada à de Obras - e, ontem, o secretário confirmou que permanecerá no cargo. "Eu e o prefeito eleito Caio Cunha tivemos uma reunião na última quinta-feira. Ele me apresentou a proposta de governo para a gestão de 2021 a 2024. Aceitei o convite. Fiquei muito lisonjeado pelo convite e com a proposta de continuar contribuindo com o desenvolvimento da cidade", disse o secretário.

O prefeito eleito também confirmou o nome do professor universitário mogiano e ex-secretário estadual de Planejamento de Santa Catarina, Francisco Cardoso de Camargo Filho, como novo titular da Pasta de Governo.

A primeira semana como prefeito eleito foi cercada de especulações sobre cargos da sua gestão. O primeiro dava conta de que o ex-delegado Eduardo Peretti, filho do vereador Benedito Taubaté Guimarães (PTB), que vai se aposentar no final deste mandato, seria seu secretário de Segurança, possibilidade que, segundo o futuro chefe do Executivo, não é verdade e não chegou a ser discutida.

Outros dois boatos que circularam na cidade davam conta que o vereador Rodrigo Valverde (PT) comandaria o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) e o ex-candidato a prefeito, Felipe Lintz (PRTB), a gerência do Hospital Municipal de Braz Cubas. Ambas especulações foram desmentidas por Cunha.

Indefinido

Também em período eleitoral, Caio Cunha citou o secretário da Saúde, Henrique Naufel, como um dos poucos que ele consideraria a presença em seu mandato. À reportagem, Naufel disse ontem que não foi procurado pelo prefeito eleito sobre o tema, o que pode indicar que a Pasta não ficará sob responsabilidade do médico lançado na administração pelo atual prefeito Marcus Melo (PSDB).

Isso significaria que a Secretaria de Saúde, a de maior relevância no combate à pandemia da Covid-19 e que ganhou maior notoriedade neste ano, teria seu comando trocado em meio à segunda onda da Covid-19 que ameaça a cidade.

Deixe uma resposta

Comentários