Bastidores indicam que PL escolherá 1º presidente

A pouco mais de 20 dias para a primeira sessão da Câmara Municipal, em 2021, quando o presidente do Legislativo será escolhido por meio do voto dos parlamentares, os corredores da Casa ficaram ainda mais movimentados nos últimos dias com a articulação de vereadores interessados em concorrer ao cargo.

A tratativa mais relevante que ocorre na Câmara atualmente diz respeito a qual dos dois partidos com maior número de vereadores eleitos, PL e PSDB, deve ficar com o comando no 1º biênio.

Segundo Pedro Komura (PSDB), tudo indica que o PL, do atual presidente Sadao Sakai, deve ter seu escolhido como líder do Legislativo em 2021 e 2022, deixando o PSDB com os dois anos finais.

Para esta legislatura, uma aliança entre o PL e PSDB, fortalecida por outros partidos que atualmente compõem a base do governo, já está bem desenhada, para que cada partido assuma a presidência da Casa por dois anos.

Clodoaldo de Moraes (PL), nome indicado por seu partido para assumir o comando do Legislativo, confirmou que vem apresentando a seus pares as propostas caso eleito presidente da Casa, para convencer os colegas vereadores que será a melhor opção. No lado do PSDB, a disputa deve ficar entre Maurinho Despachante e Pedro Komura.

Nos últimos mandatos, as maiores bancadas eleitas se aliaram e escolheram os presidentes entre seus partidos. Foi assim, por exemplo, em 2017, com o PSD (Carlos Evaristo, atualmente no PSB); 2018 com o PSDB (Pedro Komura); 2019 com o PL (Sadao Sakai) e 2020 seria do MDB (provavelmente do vereador Mauro Araújo, que não se concretizou devido ao início da operação Legis Easy deflagrada em novembro do ano passado) e acabou sendo, novamente, do PL, com Sakai. (F.A.)

Deixe uma resposta

Comentários