Guarda Civil multa 13 por desrespeito a decreto

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Mogi das Cruzes atendeu 196 chamados por irregularidades e registrou 13 multas por desrespeito ao decreto da pandemia de coronavírus (Covid-19). Além das 13 multas, também foram registradas outras sete por descumprimento à Lei do Silêncio, quatro por pancadões, uma em decorrência da Lei Seca e outras duas por estabelecimentos funcionando sem alvará. No total, da última sexta-feira até anteontem, 27 autuações foram emitidas.

"As multas por desrespeito à Lei do Silêncio, à Covid-19 e movimentação de pancadões foram registradas em Jundiapeba, no centro, Vila Aparecida, Vila Partênio e também no Parque Monte Líbano", pontuou a Secretaria Municipal de Segurança.

Desde a noite da sexta-feira até a noite do último domingo, as equipes da Guarda Civil efetuaram 153 deslocamentos, sendo que em 62 deles não havia nenhuma irregularidade mediante às leis. No total, além das multas houve 44 orientações, duas notificações e nenhuma apreensão.

No relatório da Secretaria Municipal de Segurança constam ainda 23 registros classificados como "outros", que não contém especificações. É importante relembrar que os nomes dos estabelecimentos multados não são divulgados pela Prefeitura para a reservação da imagem dos comércios e proprietários.

Com o retrocesso à Fase Amarela do Plano São Paulo, devido ao aumento de confirmações e internações pelo novo vírus, é importante que as medidas de prevenção sejam ainda mais intensificadas.