Consórcio providência a troca de radar destruído

O Consórcio Caminhos Seguros Mogi providenciou ontem a troca do painel esquerdo de um dos redutores de velocidade, também conhecido como lombada eletrônica, instalado na avenida Lourenço de Souza Franco, próximo à divisa com Suzano. O equipamento foi destruído na semana passada quando um caminhão o atingiu, com isso apenas o poste de sustentação restou no lugar.

Além da lombada eletrônica que estava sendo trocada, o redutor de velocidade no sentido centro, do outro lado da pista, estava ligado, aparentemente passando por teste dos sistemas elétrico e eletrônico logo após a instalação do equipamento. Questionada sobre um possível teste, a Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que "nenhum radar está operando ou sendo aferido, eles estão apenas sendo instalados".

Mesmo há quatro meses sem fiscalização eletrônica, o trabalho de instalação dos 16 equipamentos de fiscalização eletrônica segue em andamento e sem data estipulada para a finalização. O consórcio responsável pelo serviço está implantando as estruturas físicas em diversos pontos da cidade, que não foram levantados e divulgados pela Prefeitura.

Após a instalação, deverá ser feita a aferição dos equipamentos por um órgão técnico especializado. É importante destacar, no entanto, que os aparelhos somente começarão a operar após terem sido aprovados na aferição e posterior determinação da Secretaria Municipal de Transportes.